Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Queres reclamar de uma instituição de crédito? Explicamos-te o que tens de fazer

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Não estás agradado com a forma como foste “tratado” no banco aquando da concessão de um crédito pessoal? Fica a saber que podes reclamar. No artigo de hoje da rubrica semanal Deco Alerta, destinada a todos os consumidores em Portugal e assegurada pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor para o idealista/news, explicamos-te tudo sobre este tema.  

Envia a tua questão para a Deco, por email para decolx@deco.pt ou por telefone para 00 351 21 371 02 20.

Recentemente enfrentei um problema com a concessão de um crédito pessoal. A informação que me transmitiram não foi total e agora sinto-me defraudado com as condições deste contrato de crédito. Posso reclamar desta instituição de crédito?

Podes reclamar sim. Aliás, reclamar é um direito e um dever do consumidor. Qualquer cliente de uma instituição de crédito pode reclamar de atuações que considere inadequadas ou lesivas dos seus interesses.

Ora, tratando-se este conflito de uma matéria da competência do Banco de Portugal (BdP), entidade que supervisiona as instituições de crédito, a reclamação deverá ser dirigida a esta entidade.

A tua reclamação poderá ser apresentada de duas formas:

  • De forma indireta, através do preenchimento do livro de reclamações da instituição reclamada
  • Diretamente, através de carta dirigida ao BdP (Apartado 2240, 1106-001 Lisboa), ou do preenchimento do formulário online que está disponível no portal desta instituição ou no portal gasdeco

Aproveitamos para relembrar que o livro de reclamações é obrigatório e tem de ser disponibilizado logo que o consumidor o solicite. O original da reclamação é remetido, no prazo de 15 dias, ao BdP. O duplicado fica com o consumidor e o triplicado permanece na instituição de crédito.

Ao reclamar online através do Portal do Cliente Bancário ser-te-á atribuída uma referência que deve ser anotada para posterior consulta do estado da reclamação.

É conveniente que expresses a reclamação em linguagem clara e relates o caso de forma completa, para que a entidade reguladora possa analisar devidamente a reclamação. No formulário de reclamação online o consumidor pode anexar documentação que considere útil à fundamentação da sua queixa.

O BdP irá analisar a tua reclamação, verificando o cumprimento das normas que regulam a atividade das instituições de crédito.

Após análise da reclamação, esta entidade reguladora responde ao consumidor, ou seja responder-te-á, identificando a conclusão a que chegou após a fiscalização da atuação da entidade sujeita à sua supervisão.

Nos casos em que são detetadas irregularidades, o BdP exige às instituições de crédito a correção de incumprimentos e sanciona faltas graves, através de coima. Porém, a coima não compensa as perdas que o consumidor possa ter sofrido.

Saiba tudo aqui.