Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Cristiano Ronaldo faz história: é o primeiro futebolista a ganhar mais de mil milhões de dólares

Em 2019, o jogador português da Juventus foi a quarta celebridade mais bem paga do mundo: ganhou 105 milhões de dólares.

Autor: Redação

Cristiano Ronaldo continua a brilhar também fora dos relvados. O craque português – representa atualmente a Juventus – bateu mais um recorde, sendo agora o primeiro futebolista de sempre a ganhar mais de mil milhões de dólares (mais de 885 milhões de euros) em salário desde o início da carreira. Só em 2019 o madeirense auferiu 105 milhões de dólares (92,9 milhões de euros) antes de impostos.

Os números foram revelados pela Forbes e comprovam que Ronaldo foi, no ano passado, a quarta celebridade mais paga do mundo, à frente do futebolista argentino Lionel Messi. Kylie Jenner, Kanye West e Roger Federer ocupam, por esta ordem, os três primeiros lugares do pódio.

O craque português, que antes de jogar na Juventus alinhou no Real Madrid, no Manchester United e no Sporting, é o primeiro jogador de futebol de sempre a ter rendimentos superiores a mil milhões de dólares (mais de 885 milhões de euros). 

Aos 35 anos, Cristiano Ronaldo é, ainda, o terceiro desportista do mundo a alcançar este estatuto multimilionário estando ainda no ativo. Um feito apenas alcançado pelo lutador Floyd Mayweather (em 2017) e pelo golfista Tiger Woods (em 2009).  

Em 17 anos como profissional, Ronaldo gerou rendimentos de 650 milhões de dólares (575 milhóes de euros) só em salários, um valor que deverá subir para 765 milhões de dólares (677,3 milhões de euros) até 2022, ano em que termina contrato com a Juventus. Este ano (2020), devido à crise gerada pela pandemia do novo coronavírus, o internacional português deverá receber “apenas” 60 milhões de dólares (53,1 milhões de euros), na sequência dos cortes salariais de 30% acordados em abril no clube italiano.