Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Regresso à normalidade, sim ou não? Portugal está a meio da tabela

Portugal ocupa o 26º lugar numa lista de 50 países, segundo o Índice da Normalidade, da revista The Economist.

Índice da Normalidade no pós-pandemia Covid-19
Jornal de Negócios
Autor: Redação

Será que é possível falar em regresso à normalidade? Em Portugal, apesar dos indicadores permitirem concluir que ainda se está abaixo dos níveis existentes no pós-pandemia da Covid-19, já se esteve mais longe da tão desejada normalidade. O país encontra-se a meio de uma tabela na qual constam 50 países mundiais

Em causa está o “Normalcy Index” (Índice da Normalidade), desenvolvido pela revista The Economist, que foi criado tendo em conta oito indicadores: utilização de transportes públicos, tráfego automóvel, voos nacionais e internacionais, tempo fora de casa, receitas de bilheteira do cinema, assistência a eventos desportivos, idas a comércio e ocupação nos escritórios. 

Segundo o Jornal de Negócios, que se apoia no referido índice, em que 100 corresponde ao nível anterior à pandemia, Portugal está no 26º lugar, com uma pontuação de 68,4. Significa isto que ainda há um caminho a percorrer no que diz respeito à recuperação plena da atividade económica no país. 

De referir, no entanto, que Portugal está mais perto de regressar à normalidade que, por exemplo, França, Itália, Bélgica, Suécia e Irlanda. Por ouro lado, nações como Países Baixos, Espanha, Dinamarca, Alemanha, Polónia, Áustria e Hungria estão um passo á frente de Portugal.