Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

IRS 2015 entrega: tudo para que não falhes

Autor: Redação

Estamos em plena contagem decrescente para o fim do prazo da entrega da 1ªFase do IRS 2015. A maioria dos contribuintes em Portugal tem de apresentar a declaração de rendimentos do ano passado até ao próximo dia 30 de abril e nada melhor do que estar preparado para que nada falhe. Desde as despesas gerais, às deduções da casa.

Há passos e detalhes a ter em conta, sobretudo, num ano em que há tantas novidades na entrega do IRS. Para ajudar-te a obter o máximo reembolso ou minimizar a fatura que terás de pagar às Finanças, apresentamos-te um guia com tudo o que deverias saber.

E, além de darmos dicas para os contribuintes com rendimentos das categorias A e H (trabalho dependente e pensões), que têm de apresentar o IRS este mês de abril, abrimos já a porta à próxima fase (de 1 a 31 de maio para os rendimentos das restantes categorias).

  1. As novidades deste IRS
  2. Como evitar que esta declaração seja um caos
  3. Evita o Chrome e Edge. Procura outro servidor 
  4. Quais as despesas que se podem declarar?
  5. Como confirmar as despesas
  6. Os rendimentos que não tens de declarar
  7. Como não perder as deduções da casa (própria ou arrendada)
  8. É melhor entregar a declaração em conjunto ou separado?
  9. Co-proprietários têm de apresentar declaração em separado
  10. Dicas para que nada falhe no momento da entrega da declaração
  11. Novas regras para trabalhadores com recibos verdes