Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

‘BigCity Asprela’: nova residência de estudantes no Porto vai custar 30 milhões

O investimento será feito pela BigCity e a Reditum Capital.

BigCity e Reditum Capital investem 30 milhões em residência de estudantes no Porto
Photo by Square Lab on Unsplash
Autor: Redação

A BigCity, uma empresa de desenvolvimento, investimento e gestão de propriedades especializada em alojamento para estudantes e co-living em toda a Europa, e a Reditum Capital, associaram-se para financiar a construção de uma nova residência de estudantes no Porto. O investimento deverá rondar os 30 milhões de euros.

A residência deverá chamar-se ‘BigCity Asprela’, segundo a informação avançada pelo site Property Funds World, e marca a entrada das empresas em Portugal, um país que é descrito pela publicação como tendo um mercado de alojamento estudantil “altamente fragmentado” e com um desequilíbrio significativo entre a oferta e a procura.

O ‘BigCity Asprela’, localizado no campus da Asprela, disponibilizará 241 camas para estudantes. O edifício de 12 andares, projetado pela OODA e que está a ser o construído pela Teixeira Duarte, deverá ficar concluído em julho de 2022, antes do início do ano letivo.

Alojamento voltado para estudantes estrangeiros

Segundo a publicação, a residência terá 209 estúdios, 22 camas individuais e 10 quartos ‘premium’ com casa de banho privada, cozinha, guarda-roupa e espaço de arrumação, ar-condicionado e varanda privativa. Voltado para estudantes internacionais, o empreendimento ficará a cargo da CRM Students e terá serviços de ‘concierge’ e receção, bem como vários espaços comuns, nomeadamente TV e jogos, zonas lounge e áreas de estudo tranquilas, zonas de refeição, terraço e ginásio.

"Esta transação permite aos nossos investidores ter acesso a uma fantástica adição à oferta de residências para estudantes no Porto. O BigCity Asprela é uma oportunidade atraente, já que existe uma desporporção significativa na oferta no Porto, em particular devido ao crescimento dos estudantes internacionais", diz Mark Stephen, fundador e managing diretor da Reditum Capital.

Charlie Alcock, CEO da BigCity, destaca que é este tipo de projeto que a empresa quer continuar a oferecer aos investidores, isto é,  "edifícios bem localizados, interessantes e sustentáveis, criando uma experiência de vida inclusiva para os residentes.