Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Haverá datas certas para comunicar leituras de eletricidade

Gtres
Gtres
Autor: Redação

As regras da comunicação de leituras de eletricidade vão mudar. Antes, estas podiam ser enviadas aleatoriamente, mas a partir de agora vai haver datas certas para as comunicar. Com esta medida, o regulador quer fazer com que os consumidores controlem mais facilmente os consumos de energia.

Segundo o Jornal de Negócios, que se apoia numa diretiva do regulador de energia publicada esta terça-feira (dia 26) em Diário da República, a data, ou datas, para a comunicação de leituras deve vir de “forma visível e clara na fatura de eletricidade apresentada ao cliente”.

O documento acrescenta que as datas estipuladas devem ser consistentes “com a data e a periodicidade de faturação adotada pelo comercializador”.

Trata-se de uma medida que tinha sida anunciada pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) no Dia do Consumidor, em março, e que entra em vigor a partir desta quarta-feira (dia 27). O objetivo é permitir aos consumidores “poderem mais facilmente controlar os seus consumos de energia”.

“Há todo o interesse em que a comunicação de leitura possa acontecer em data útil para o processo de faturação. Esta data é, na esmagadora maioria das vezes, desconhecida do consumidor, razão pela qual os comercializadores a devem informar aos seus clientes”, adianta o regulador, presidido por Vítor Santos.

Quer isto dizer que as faturas de eletricidade vão ter assim datas para comunicar as leituras, à semelhança do que já acontece no gás natural, depois das datas de leitura terem sido introduzidas em maio.