Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Duplo emprego ganha força na pandemia – aumenta 11%

No final de junho, havia 238,5 mil pessoas com dois trabalhos, mais 11% que no início da pandemia, segundo dados do INE.

Duplo emprego aumenta na pandemia
Expresso
Autor: Redação

O teletrabalho veio para ficar e trouxe consigo uma moda que parece estar a ganhar força no país, a de ter mais de um emprego. Entre o primeiro trimestre de 2020 e o segundo trimestre deste ano, o número de trabalhadores com duplo emprego em Portugal aumentou cerca de 11% para 238,5 mil, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE). 

De acordo com o Expresso, que se apoia nos dados do INE, os indicadores disponíveis não permitem uma desagregação mais fina para retratar quem são estes trabalhadores (idade ou nível de qualificação e tipo de vínculo), mas permitem perceber que este aumento é sustentado pelo setor dos serviços – a subida foi de quase 20%, abrangendo, no segundo trimestre deste ano, 213,5 mil trabalhadores, mais 35 mil que no início da pandemia.

Esta é uma tendência que já é denominada, pelos gurus da gestão, de ‘overemployed’ (mais do que empregados, em tradução livre). Na prática é o fenómeno de profissionais altamente qualificados que acumulam dois empregos remotos.