Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Porto: Novo empreendimento de habitação na Boavista pela mão do Grupo Omega

Grupo Omega
Grupo Omega
Autor: Redação

O Grupo Omega, através da sua associada Endless Numbers, acaba de concluir a empreitada de construção e arrancar com a entrega das chaves do novo empreendimento de habitação que está a promover na Rua da Boavista, no Porto. Em causa está um projeto de reabilitação e recuperação de dois edifícios, num investimento de 1,4 milhões de euros.

O projeto, da autoria do arquiteto Virgínio Moutinho e com a gestão/fiscalização da Omega, conta com 14 apartamentos com tipologias T0 e T1, com áreas compreendidas entre 40 metros quadrados (m2) e 80 m2, distribuídos por uma área total de construção de 850 m2.

Grupo Omega
Grupo Omega

Localizado na Rua da Boavista, 181 e 18, este empreendimento "destaca-se pelo carácter contemporâneo dos apartamentos e pelo cuidado na preservação e reabilitação das fachadas exteriores", segundo diz o Grupo Omega em comunicado.

Com a reabilitação e recuperação destes dois prédios, a "Endless Numbers pretende ir ao encontro das necessidades dos investidores, oferecendo um produto bem localizado no centro do Porto e numa zona de grande procura e ótimos acessos, para além dum ambiente arquitetónico único que só uma reabilitação urbana permite oferecer", explica Jorge Felício, administrador da empresa citado na mesma nota.

Grupo Omega / Grupo Omega
Grupo Omega / Grupo Omega

30 anos de experiência no imobiliário

O Grupo Omega foi fundado em 1986 e é atualmente uma associação de quatro empresas (Omega, Realplano, OmegaFlow e Endless Numbers) que opera no ramo imobiliário, incorporando uma componente de Investimento e Promoção Imobiliária e uma componente de Serviços de Engenharia (projeto e gestão/fiscalização de empreendimentos).

"As quatro empresas integrantes do Grupo Omega, têm uma experiência de mais de 30 anos, sobretudo no mercado português, muito centrada na Área Metropolitana do Porto, embora, ao longo dos anos tenha desenvolvido projetos em todo o território nacional (Lisboa e Algarve), bem como no estrangeiro, onde aliás mantém atividade através de empresas suas participadas locais (Projecto Go em Moçambique e Plano Atlântico no Brasil)", pode ler-se  ainda no press release.