Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

falências das famílias triplicam em quatro anos

desde o início do ano, 10.600 famílias recorreram à deco, mais 55% face ao ano passado
Autor: Redação

cada vez mais pessoas falidas, sendo que os números estão a crescer a um ritmo mais rápido que as insolvências de empresas. segundo a agência financeira (af), que cita o correio da manhã (cm), as falências das famílias triplicaram entre 2007 e 2011, sendo que, no último trimestre do ano passado, os tribunais decretaram, em média, 20 pessoas falidas por dia. os pedidos de ajuda à deco não param de aumentar

de acordo com a notícia publicada pelo cm, as falências a particulares já representam mais de metade (60%) do total de falências - mais do triplo que em 2007. e os números são reveladores: os processos com valores mais baixos (dívidas entre os 1.000 e os 9.999 euros) foram os que mais aumentaram enquanto os processos relativos a dívidas mais altas caíram 13,7%

o cenário faz com que haja cada vez mais famílias a pedir ajuda à associação para a defesa do consumidor (deco), que não tem capacidade para ajudar todas as pessoas sobreendividadas. desde o início do ano, 10.600 famílias recorreram à deco, mais 55% face ao período homólogo. natália nunes, coordenadora do gabinete de apoio ao sobreendividado, disse, citada pelo público, que a situação vai agravar-se: “antevemos que o número de famílias em dificuldades que nos pedem ajuda vai ser cada vez maior, vai crescer muito durante este ano. os números já são assustadores e as perspectivas não são animadoras”

Artigo visto em
(idealista news)