Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Insolvências

Últimas notícias sobre "Insolvências" publicadas em idealista.pt/news

Construção dá novas provas de imunidade à Covid-19 com quebras no número de insolvências

Os impactos negativos da pandemia da Covid-19 no número de insolvências e constituição de empresas no país continuam a ser evidentes - as insolvências aumentaram 64,5% em agosto, face a igual período do ano passado, e as novas aberturas continuam em queda. Ainda assim, e numa espécie de contraciclo, o setor da construção e obras públicas destaca-se pela forma positiva como tem conseguido “escapar” à crise. Este segmento de negócio nunca parou, mesmo no período mais crítico do surto, e até conseguiu crescer, como já foi confirmado pelo INE. Foi também a única atividade a registar uma diminuição de 4,4% no número de empresas insolventes, até ao passado mês, se comparado com o período homólogo de 2019, segundo mostram os dados do mais recente relatório da Iberinform, filial da Crédito y Caución.

Notícia sobre:

Insolvências de empresas no primeiro semestre à lupa: construção resiste à pandemia

O número de empresas insolventes aumentou ligeiramente no primeiro semestre deste ano face ao mesmo período do ano passado (1.184 contra 1.154 insolvências), o que se poderá justificar, pelo menos em parte, com a pandemia da Covid-19. O setor da construção foi um dos que melhor resistiu à crise, tendo resgistado 109 insolvências, menos 16% que no período homólogo (129). Em causa estão dados que constam no Observatório Infotrust “Insolvências – 1º semestre 2020”.

Notícia sobre:

Marcha-atrás no negócio de compra do Dolce Vita Miraflores, que volta a estar à venda

Marcha-atrás no negócio de venda do Dolce Vita Miraflores a uma sociedade de capitais angolanos, que apresentou uma proposta de compra de 6,8 milhões de euros pelo centro comercial. Isto porque o investidor em causa não conseguiu obter financiamento do Eurobic para avançar com o negócio – o shopping tinha sido arrematado, em sede de insolvência, há cerca de meio ano. 

Notícia sobre:

Insolvências na construção aumentam 2,1% – e há muito menos empresas a nascer

O número de insolvências de empresas em Portugal aumentou 27,8% nos primeiros dois meses de 2020 face ao mesmo período do ano passado. Já as constituições caíram 20,1%, o que (também) não é uma boa notícia. O setor da Construção e Obras não escapa a este cenário, já que representava, em janeiro e fevereiro deste ano, 14% das insolvências (+2,1% que no período homólogo) e apenas 11% das constituições (-28,3% que no período homólogo).

Notícia sobre:

Há mais empresas a fechar as portas: insolvências aumentam pela primeira vez em sete anos

O ano arranca com mais empresas a fechar portas, por estarem insolventes. Em janeiro, o número de novas insolvências aumentou 18,6% face ao período homólogo, segundo dados do barómetro Informa D&B . É a primeira vez em sete anos que se inverte a tendência de descida verificada desde 2013.

Notícia sobre:

Fundo norte-americano KKR é o novo dono do complexo turístico alentejano Zmar

O Zmar, um empreendimento turístico alentejano, próximo da Zambujeira do Mar, está agora nas mãos de uma sociedade controlada pelo fundo norte-americano Kohlberg Kravis Roberts (KKR), que há um ano comprou a carteira de crédito malparado Nata 1 do Novo Banco por mais de 2.000 milhoes de euros.

Notícia sobre:

Antigo "barão" da construção em Portugal está insolvente e a viver fora do país

Diogo Vaz Guedes foi um dos gestores mais proeminentes em Portugal, na década passada, destacando-se pela liderança na Somague, mas também pela investida no negócio hoteleiro. Além disso, assumia protagonismo no espaço público: em 2004 foi um dos rostos de apoio ao movimento Compromisso Portugal, ao lado de gestores como António Mexia, Filipe de Botton, Alexandre Relvas e António Carrapatoso. Hoje, está oficialmente insolvente e a viver fora do país.

Notícia sobre:

Operador turístico Thomas Cook anuncia falência e deixa cerca de 600 mil turistas sem apoio

Com 178 anos de atividade, o operador turístico britânico Thomas Cook anunciou falência, depois de não ter conseguido encontrar fundos necessários para garantir a sua sobrevivência. Entrará, por isso, em “liquidação imediata”.

Notícia sobre:

Divórcio do presidente do Rio Ave ajuda a afundar a sua construtora (António da Silva Campos)

A construtora António da Silva Campos (ASC), que é liderada pelo presidente do Rio Ave Futebol Clube – com o mesmo nome –, tem dívidas de 25,7 milhões de euros a 858 credores. O processo de divórcio de António da Silva Campos terá ajudado a afundar a empresa.

Notícia sobre: