Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Arrendar quarto a estudantes em Lisboa é 10% mais caro que há um ano

Autor: Redação

O aumento da procura por quarto através da Uniplaces, plataforma online para alojamento de estudantes universitários, cresceu 70% num ano – no primeiro trimestre de 2017 face ao período homólogo. Quanto a preços, “a subida do valor médio de arrendamento por quarto é notória tanto nas cidades de Lisboa (10%) e do Porto (3%), em comparação ao primeiro trimestre do ano anterior”, revela a startup portuguesa em comunicado.

Em causa estão dados que constam no “Relatório do Mercado de Arrendamento a Estudantes”, relativo aos primeiros três meses do ano. “A sazonalidade é um fator determinante no mercado de arrendamento a estudantes, uma vez que este aumento nos valores de renda praticados o primeiro trimestre está em linha com a chegada de estudantes estrangeiros a Portugal, para o segundo semestre letivo. A tendência que observamos é a de um aumento de preços até março, seguido de queda e novo aumento a partir de julho”, diz André Rodrigues Pereira, Country Manager da Uniplaces em Portugal.

Segundo o estudo, o centro histórico das cidades é a zona mais procurada, mas as zonas perto das universidades também começam a ganhar popularidade. “Em Lisboa, Arroios é a zona com mais procura, com um preço médio por quarto de 329 euros, que representa um aumento de 8,5% face ao primeiro trimestre do ano anterior. Intendente, Alvalade e Marquês de Pombal representam as zonas com as rendas mais caras de Lisboa para estudantes (420 euros, 434 euros e 414 euros respetivamente)”, lê-se no documento.

No caso do Porto, a procura “é mais concentrada”, sendo o valor médio por quarto de 268 euros, “33% abaixo do preço médio praticado por quarto em Lisboa”. “A divergência de preços praticada deve-se, em parte, à subida de preços verificada na cidade de Lisboa (recorde-se que no Porto a subida foi apenas de 3%)”, explica a Uniplaces.

As zonas mais procuradas pelos estudantes na Invicta são Paranhos (23% da procura total e preço médio por quarto de 264 euros), Cedofeita e Ramalde. “Cedofeita é uma das zonas mais caras para se viver na cidade do Porto, com um preço médio por quarto de 294 euros. A zona mais barata para se viver na cidade é Lordelo de Ouro, que representa 4,6% da procura total, e com um preço médio por quarto de 230 euros”, conclui o relatório.

Perfil de quem arrenda

Qual o perfil dos estudantes que arrendam alojamentos através da Uniplaces? O orçamento mensal médio em Lisboa varia entre 250 e 400 euros e a duração média da estadia é de 141 dias, sendo que a reserva do alojamento é feita com 39 dias de antecedência. Os imóveis mais procurados são apartamentos com mais de quatro quartos.

No caso do Porto, o orçamento médio mensal dos estudantes varia entre 150 e 250 euros e a estadia dura em média 128 dias. A reserva é feita com 35 dias de antecedência e o tipo de imóvel mais procurado são apartamentos que tenham entre dois e quatro quartos.