Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

SIL 2018: Maior feira imobiliária do país arranca na próxima semana com o dobro do espaço

Assim era o stand do idealista no SIL 2017
Assim era o stand do idealista no SIL 2017

A maior e mais importante feira imobiliária do país está ai à porta. A FIL, no Parque das Nações em Lisboa, volta a acolher, de 3 a 7 de outubro, mais uma edição (a 21ª) do Salão Imobiliário de Portugal (SIL). “É o ponto de encontro do setor”, conta ao idealista/news Sandra Fragoso, gestora do evento, adiantando que este ano o espaço do SIL será duplicado: “Teremos o Pavilhão ‘Pessoa’ e o Pavilhão ‘Camões’. Dois pavilhões quando o ano passado foi apenas um”, adianta.

Segundo a responsável, durante cinco dias, os visitantes e investidores “poderão encontrar a sua casa, o seu escritório, o local certo para a concretização do seu negócio ou o seu ativo imobiliário para investimento, bem como encontrar as melhores condições de crédito e todos os produtos e serviços ligados ao setor imobiliário”. “Esta é uma oportunidade única de ter uma oferta global de imobiliário concentrada num só espaço”, acrescenta Sandra Fragoso. 

Para a organizadora do evento, o mesmo “está a acompanhar a evolução positiva do setor”, quer por via do investimento interno quer do estrangeiro. Não é por isso de estranhar que o certame desperte mais interesse junto do público ano após ano: em 2017 registou-se um recorde de visitantes (50.000 em 2016 e 62.639 em 2017) e de expositores (cerca de 300 empresas em 2016 e cerca de 330 em 2017). “Nesta edição vamos atingir os 65.000 visitantes e teremos mais de 350 empresas. Este é um sinal da vitalidade do SIL, o facto de mantermos parcerias fortes com os principais players do mercado imobiliário”, conta. 

Novidades à vista este ano

Sandra Fragoso adianta que este ano o SIL “apresenta um conjunto de novidades que vão ao encontro das tendências e necessidades do setor, criando assim oportunidades de negócios e de ‘networking’”.

"O SIL é uma oportunidade única de ter uma oferta global de imobiliário concentrada num só espaço"
Sandra Fragoso

Devido ao facto de haver cada vez mais figuras públicas internacionais a viver em Portugal, a organização do SIL decidiu organizar o evento mediático “I Choose Portugal”, “com intercâmbio de experiências e vivências, onde as personalidades estrangeiras irão contar a sua história e dizer o porquê de terem escolhido Portugal para viver”, explica.

Paralelamente, e como “os principais investimentos são feitos nas cidades, pois são estas que cativam mais a procura”, as cidades portuguesas estarão representadas no SIL, através do SIL Cidades: “Onde as cidades irão promover e divulgar os ativos imobiliários, tendo como principal objetivo atrair investimento”, diz Sandra Fragoso, adiantando que pela primeira vez haverá uma cidade convidada, o Seixal, “que irá apresentar os projetos estruturantes que vai desenvolver no seu município”. “E temos também pela primeira vez a Região Autónoma da Madeira como Região Convidada, que estará representada pela INVEST MADEIRA”, conta.

Outra estreia é o SIL INVESTMENT PRO, um evento “só para profissionais do setor e para convidados” que decorrerá no primeiro dia da feira (3 de outubro), da parte da manhã – a inauguração oficial do SIL é às 15h. Durante o mesmo serão debatidos e apresentados três grandes temas: investimento em grandes projetos imobiliários, investimento no turismo residencial e projetos estruturantes das cidades.

“Teremos investidores nacionais e estrangeiros de diversas nacionalidades, bem como fundos de investimento, a contactar com os grandes projetos nacionais e estrangeiros. O SIL INVESTMENT PRO culminará com um almoço onde o ‘networking’ irá continuar entre os presentes”, revela a gestora. 

De forma a dar resposta ao facto do mercado imobiliário de luxo estar “em franco crescimento”, a organização decidiu criar este ano o SIL LUXURY, “um espaço privilegiado onde estarão representadas diversas marcas de luxo e prestígio dos mais variados setores”, desde o imobiliário ao automóvel. 

“2018 está a ser um ano com um crescimento sustentado”

Quando questionada sobre o que terá mudado no setor no último ano, Sandra Fragoso considera que “2017 foi um ano de expansão” e que “2018 está a ser um ano com um crescimento sustentado”. “Há uma maior liquidez financeira, o setor bancário está novamente a conceder crédito e ainda há o aumento da oferta imobiliária de qualidade e estrategicamente localizada”, assegura. 

"2018 está a ser um ano com um crescimento sustentado. Há uma maior liquidez financeira, o setor bancário está novamente a conceder crédito e ainda há o aumento da oferta imobiliária de qualidade e estrategicamente localizada"
Sandra Fragoso

Para a gestora do SIL não há dúvidas: “Os portugueses estão mais confiantes e voltam a olhar para o imobiliário como uma opção segura e rentável. O segmento Luxury vai continuar a liderar a preferência da reabilitação imobiliária nos centros históricos das cidades (Lisboa e Porto), apesar de ser cada vez mais difícil encontrar ativos imobiliários”.

Horários do SIL 2018

Tal como sucedeu nas últimas edições, o SIL realiza-se em simultâneo com a Intercasa, com o Lisboa Design Show e com o Vintage Festival. O bilhete para o primeiro dia (3 de outubro) custa cinco euros e o bilhete para os cinco dias custa 10 euros. De referir que os estudantes e portadores de Cartão Jovem e de bilhetes sénior pagam oito euros, pelo cinco dias de feira. O evento realiza-se entre as 14h e as 20h nos dias 3, 4 e 7 e entre as 14h e as 22h nos dias 5 e 6.