Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Condomínio Jungle Lofts Marvila dá (ainda mais) vida a um dos bairros mais ‘trendy’ de Lisboa

São 13 apartamentos pensados para quem quer viver numa Lisboa autêntica. Preços começam nos 400.000 euros.

JLL e Athena Adviser
JLL e Athena Adviser
Autor: Redação

O Jungle Lofts Marvila vai surgir numa “zona onde tudo parece estar a acontecer, com arte, inovação e tradição a pulsar em cada esquina”, revelam a JLL e a Athena Adviser, encarregues da comercialização dos 13 apartamentos T2 a T4 duplex que integram o empreendimento residencial que vai nascer em Lisboa.

Trata-se de um “novo condomínio residencial pensado para quem quer viver numa Lisboa autêntica”. “Muito mais que um bairro, Marvila é hoje um dos destinos mais ‘trendy’ da cidade, mas que, ainda assim, preserva a sua autenticidade e vivência genuínas, combinando tradição com modernidade”, referem as consultoras em comunicado. 

Os imóveis já estão à venda – os preços começam nos 400.000 euros – e tem entre 88 e 226 metros quadrados (m2), dispondo de estacionamento e arrecadação.

JLL e Athena Adviser
JLL e Athena Adviser

“O Jungle Lofts Marvila nasce do traço do arquiteto José Mateus, da ARX, erguendo-se com linhas modernas e arrojadas, ao mesmo tempo que celebra os valores do bairro e a memória do património local. Simultaneamente, em conjunto com o atelier de paisagismo Baldios, foi desenvolvido o conceito de uma comunidade residencial rodeada de flora, com jardins verdejantes que são centrais na habitabilidade dos espaços. No fundo, criando-se a metáfora de um oásis para os seus moradores, que todos os dias saem de casa rumo à selva urbana”, lê-se no documento.

Para Patrícia Barão, Head of Residential da JLL Portugal, trata-se de “um projeto verdadeiramente especial”, sendo “pensado para um público urbano que vibra com a batida e a inovação de Marvila, mas que não quer perder a vivência mais genuína e autêntica do bairro”. “Esta dualidade está muito bem materializada na arquitetura moderna e no conceito do condomínio, onde predominam os espaços verdes”, comenta a responsável.

Carlota Pelikan, Destination Adviser da Athena Adviser, enaltece o facto do condomínio estar localizado numa “área promissora que cresce a uma velocidade inacreditável, com a abertura do Hub Criativo do Beato em breve e um total de 3,6 mil milhões de euros em investimentos públicos e privados na zona”. “Este será o próximo distrito de Shoreditch ou Meatpacking de Lisboa”, conta.