Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Vender a casa mais rápido: 10 dicas para preparar o espaço e fazer um bom negócio

Na era digital em que vivemos, onde temos pouco tempo e tudo tem de ser uma experiência positiva, há detalhes que fazem toda a diferença na hora de fechar negócio.

Lumina Home Staging
Lumina Home Staging
Autor: Redação

Artigo escrito por Caroline Jurgens, sócia fundadora da Lúmina Home Staging

A venda de uma casa já não é como antes: não basta colocá-la no mercado e ficar à espera. Hoje em dia é preciso cuidar da imagem e publicar fotos atrativas, por exemplo. No meio de tanta oferta, quem procura vai sempre optar por visitar as casas que parecem melhores. Isto não é nenhuma novidade, mas na era digital em que vivemos, onde temos pouco tempo e tudo tem de ser uma experiência positiva, há detalhes aos quais é preciso prestar mesmo atenção.

Como poderás destacar positivamente a tua casa das restantes? Apresentando-a de forma mais atraente. As técnicas de marketing imobiliário através das quais isso também pode ser feito são conhecidas como Home Staging. Um novo conceito? Na verdade, não. Mas se quiseres realmente vender a tua casa presta muita atenção a estas 10 dicas importantes antes de colocá-la à venda.

1. Começar a pensar na mudança

A maioria das pessoas acumula muitas coisas. Isso é evidente, especialmente quando se mora na mesma casa há muito tempo. Todos os roupeiros estão muito cheios, na garagem ou na arrecadação dificilmente se consegue entrar e talvez haja também muita mobília.

Fazer uma revisão de tudo o que se tem em casa é um processo lento e trabalhoso, mas vale a pena fazer isso por vários motivos. Em primeiro lugar, se já arrumaste a casa, isso vai poupar-te tempo e esforço na hora da mudança (o que em si já é um momento muito stressante em que há muitas coisas para organizar). E em segundo lugar, se já tiveres menos coisas para levar contigo, a mudança custará provavelmente menos dinheiro, já que o preço da mesma é calculado com base na quantidade de coisas que se tem, muitas vezes, e na capacidade necessária..

Uma casa cheia de móveis e coisas não vende. Portanto, começa a pensar na mudança antes de colocar a placa "à venda".

2. Pintar a casa

Se o teu orçamento permitir, recomendo pintar a casa porque dá uma melhor impressão. Acima de tudo, deves pintar sempre que as paredes tiverem muitas manchas. Uma parede manchada mostra a sua história: é preciso ter em conta que a decoração deixa vestígios (por exemplo, as molduras), tal como uma estante de livros ou um candeeiro, e isto é mais perceptível se os proprietários forem fumadores. Em geral, uma nova camada de tinta dá uma impressão fresca e limpa. Além disso, poded escolher uma cor neutra e alterá-la, se as cores anteriores não forem muito claras.

3. Reparar todas as falhas

A maioria das pessoas não fica muito convencida sobre a compra de uma casa que precisa de ser arrandam muito antes de poderem mudar-se. Qualquer dano visível durante a visita fará com que o potencial comprador veja a sua casa como "um projeto de construção" e pensará que terá de investir muito tempo e dinheiro para atualizá-la. Além disso, se a casa estiver em bom estado e não precisar de muitos reparos, o comprador terá menos desculpas para negociar o preço. Portanto, arranjar pequenas imperfeições é um investimento que será muito lucrativo.

4. Limpar até que brilhe

Todas as pessoas adoram entrar numa casa que cheira a limpo. Embora limpes a casa com frequência, não é a mesma coisa fazer uma limpeza profunda. Pensa em limpar todos os interruptores de luz, portas e principalmente as janelas, pois com as janelas limpas entra muito mais luz.

5. Retirar coisas pessoais

Se uma casa tem muitos pertences pessoais, o potencial comprador sente-se um intruso durante a visita e custa-lhe o dobro imaginar que pode viver ali. É exatamente o efeito oposto do que queremos alcançar.

Tens que transformar a tua casa num hotel: com um estilo não muito definido, porque assim consegues atrair um público mais vasto. E este é exatamente o efeito que queremos alcançar com este processo de preparação da casa. Queremos atrair o maior público possível.

6. Organizar: menos é mais

O que a ordem tem a ver com a venda da casa? Todos gostamos de uma casa que dá a sensação de ter muito espaço. Em geral, um comprador de imóvel residencial procura uma casa espaçosa com arrumação suficiente. Se o potencial comprador entrar numa casa onde os atuais proprietários parecem não ter espaço, eles podem facilmente perder o interesse por esta casa. Não importa se a casa é realmente maior que a tua. Por este motivo, é muito importante ter a casa o mais organizada possível e com poucas coisas. Antes de um visitante, percorre toda a casa e “apanha” tudo o que estiver “perdido”.

7. Tirar móveis para abrir os espaços

No teu dia a dia, é super confortável ter um sofá ou poltrona para cada membro da família, mas ao retirar essa poltrona extra ou as cadeiras da mesa de jantar que ficam num canto, vai conseguir uma sala muito maior. Às vezes é até necessário tirar os móveis para abrir os espaços. Repito, pode não ser tão confortável para morar, mas é essencial criar espaços que pareçam maiores para vender uma casa.

8. Investir em detalhes decorativos atuais

Algumas almofadas, um candeeiro mais moderno, cortinas novas, velas, cobertores ou plantas, são todos exemplos de pormenores decorativos que ajudam muito a tornar a casa atraente para o teu potencial comprador. Detalhes que não precisam de ser caros e que num correto posicionamento farão a diferença.

9. Tirar fotos profissionais

Depois de teres preparado a casa e de estar limpa, arrumada e perfeitamente apresentável, é hora de preparar as fotografias. Uma boa fotografia chama a atenção e cativa. Se estás a vender a tua casa, é imprescindível ter um bom portefólio de fotos, uma vez que procura por imóveis é feita pela Internet. Quem quer comprar uma casa, irá ver primeiro as fotos nos portais imobiliários antes de decidir se vai ou não visitar o local. Ter um catálogo de fotografias de alta qualidade com a casa bem apresentada aumenta significativamente as hipóteses de atrair um maior número de clientes. Se o teu consultor de imóveis não trabalhar com um fotógrafo profissional, recomendo que contrates um por conta própria. É um bom investimento.

10. Contratar um Home Stager

Da mesma forma que recomendo usar serviços de fotografia, também o recomendo com o tema Home Staging. Existem coisas que tu podes fazer, mas outras, principalmente porque nunca se é verdadeiramente objetivo quando se trata da nossa própria casa ou pertences pessoais, é aconselhável ter um profissional de Home Staging. O que já é um espaço despersonalizado para ti pode não ser para os outros. O que parece ser um estilo neutro pode não ser tão atraente para um grande público. Um profissional de Home Staging pode ajudar-te com estes últimos detalhes, dizendo-te claramente o que pode ficar e o que deve sair da casa, garantindo uma venda rápida.

Se implementares todas essas dicas, tenho a certeza que atrairás muitas visitas de potenciais compradores. Obviamente, existem 2 fatores que também são vitais para uma venda bem-sucedida; primeiro e, sem dúvida, o preço de venda. Tem que se definir o preço de acordo com o mercado, senão a tua casa ficará de fora das pesquisas na Internet. E em segundo lugar, trabalhar com um consultor imobiliário profissional também fará a diferença. Encontra alguém que te diga a verdade e não apenas o que desejas ouvir.

Vender uma casa com sucesso não se trata apenas de decidir o preço de venda e publicar algumas fotos num portal imobiliário. Vender uma apartamento exige planeamento, estratégia, preparação e adaptação da casa, assim que se coordenares todos esses fatores, poderás fazer a diferença entre vender ou não vender.