Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Preços das casas disparam na zona euro e na UE: é a maior subida dos últimos 14 anos

Subida anual dos preços das casas situa-se nos 5,8% na zona euro e nos 6,1% na UE, segundo o Eurostat.

Preços das casas UE
Imagem de Capri23auto por Pixabay
Autor: Redação

Os preços das casas continuam a escalar em vários países da Europa mesmo durante a pandemia da Covid-19. Na zona euro subiram 5,8% no primeiro trimestre de 2021 face ao período homólogo, o maior aumento anual registado desde o quarto trimestre de 2006. E na União Europeia (UE) a subida foi de 6,1% neste período, sendo esta também a maior verificada desde o terceiro trimestre de 2007. Em Portugal, o crescimento homólogo dos preços foi inferior ao verificado na média da zona euro e da UE: 5,2%.

Os dados são do Eurostat e mostram também que desde o início da pandemia (em março de 2020), os preços continuaram a subir de trimestre em trimestre tanto na zona euro como na UE – entre 1,3 e 1,7%. No primeiro trimestre de 2021, face aos últimos três meses de 2020, os preços da habitação aumentaram 1,3% na zona euro e 1,7% na UE, refere o serviço de estatísticas europeu.

Preços das casas UE e zona euro
Eurostat
Entre os estados-membros para os quais há dados disponíveis, os maiores aumentos homólogos dos preços das casas no primeiro trimestre de 2021 foram observados no Luxemburgo (17,0%), Dinamarca (15,3%), Lituânia (12,0%), República Checa (11,9%) e Países Baixos (11,3%), tendo apenas recuado em Chipre (-5,8%).

Em comparação com o trimestre anterior, os maiores aumentos foram registados na Estónia (6,6%), Dinamarca (5,8%) e Lituânia (5,0%), enquanto os decréscimos só foram observados em Chipre (-5,8%), Malta (-1,6%) e Eslováquia (-1,2%).

Em Portugal, os preços da habitação subiram 5,2% no início de 2021 face ao período homólogo e 1,6% face ao trimestre anterior. A maior subida homóloga dos preços das casas em território luso durante a pandemia foi registada no quatro trimestre de 2020, segundo o documento.

Preço das casas zona euro e UE
Eurostat

Preços das casas sobem 30,9% desde 2010

Desde 2010 até ao primeiro trimestre de 2021, os preços das casas na UE aumentaram 30,9%. A trajetória dos preços não foi linear até aqui. O Eurostat refere que se registou uma “queda acentuada” entre o segundo trimestre de 2011 e o primeiro trimestre de 2013 e que depois os preços das casas para comprar permaneceram “mais ou menos estáveis” ​​entre 2013 e 2014. Já no início de 2015 começou a registar-se um “rápido aumento” que perdura até aos dias de hoje.