Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Qual a melhor solução para aquecer a casa? Plataforma ajuda a escolher

A aquecimento é mesmo a “maior fatia da fatura de energia", diz a ADENE. Qual a melhor solução para aquecer a casa este inverno?

Aquecer a casa no inverno
Foto de Mikhail Nilov en Pexels
Autor: Redação

Os dias mais frios do ano já estão a chegar e, com eles, surge a necessidade de aquecer a casa de forma eficaz e sem gastar muito em energia. Mas como? Há várias soluções de aquecimento eficiente no mercado. E com a ajuda da plataforma HARP, desenvolvida pela ADENE – a Agência para a Energia em parceria com a Deco, é possível simular e perceber qual é o melhor sistema de aquecimento para cada casa.

São vários os portugueses que têm problemas de climatização nas suas casas, ora porque são muito frias, ora porque são muito quentes. E muitos destes problemas têm origem na “fraca qualidade das construções” e também nas soluções de aquecimento instaladas que não são as mais adequadas, aponta a DECO. Tudo isto faz subir as contas da luz em casa nos meses mais frios do ano, sendo que o aquecimento é mesmo a “maior fatia da fatura de energia”, refere a ADENE.

O que fazer, afinal, para resolver a situação? “Ter um sistema de aquecimento adequado e em bom estado é também um aspeto fundamental para o bem-estar e saúde dos consumidores”, destaca a DECO. Isto porque não só contribui para o conforto térmico da casa, como também para manter a qualidade do ar interior e minimizar os efeitos dos ruídos associadas aos equipamentos antigos, assim como as despesas.

Soluções para aquecer a casa
Foto de Ksenia Chernaya en Pexels

Como escolher o melhor aquecimento para casa?

Importa agora saber o que é preciso ter em conta para escolher a melhor solução de aquecimento eficiente para casa. E é neste aspeto que a nova ferramenta HARP pode ajudar, já que apoia todo o processo de decisão do consumidor.

Primeiro, a plataforma dá a conhecer todas as soluções existentes no mercado desde bombas de calor a sistemas híbridos, passando por sistemas solares térmicos, aquecedores de água eficientes, caldeiras de condensação, entre outros. E, depois, oferece uma simulação gratuita na qual ajuda perceber a melhor opção para cada caso.

Segundo a DECO, a aplicação HARP ajuda, portanto, a:

  1. Determinar a eficiência do equipamento atual (calcula a classe da etiqueta energética) de aquecimento ambiente e preparação de água quente;
  2. Identifica as soluções mais adequadas e eficientes para o aquecimento ambiente e/ou a preparação de água quente, de acordo com as informações indicadas pelo consumidor;
  3. Disponibiliza informação sobre aquecimento eficiente: tecnologias, mitos, benefícios, entre outros.
  4. Calcula as poupanças expectáveis, nomeadamente a redução da fatura de energia, do consumo energético e das emissões de CO2;
  5. Facilita o acesso a profissionais que possam aconselhar e levar à prática a substituição;
  6. Lista incentivos em vigor para apoiar a substituição/aquisição de novos equipamentos – como é o caso do programa Casas + Eficientes.