Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Quem compra mais casas de luxo em Portugal?

Nos primeiros 10 meses do ano, o imobiliário de luxo atraiu compradores de 22 nacionalidades diferentes, segundo dados divulgados pela Portugal Sotheby’s Realty.

Casas de luxo em Portugal
Photo by Marvin Meyer on Unsplash
Autor: Redação

O mercado imobiliário de luxo português continua de “boa saúde” e a atrair investimento - cá dentro e lá fora. Nos primeiros 10 meses do ano, este segmento atraiu compradores de 22 nacionalidades diferentes, segundo dados divulgados pela Portugal Sotheby’s Realty. Mas, afinal, quem compra mais casas de luxo no país?

Portugal, Reino Unido, Estados Unidos, Brasil e Espanha surgem como as cinco principais nacionalidades dos clientes que mais compraram imóveis de luxo no país, de acordo com a Sotheby’s. A marca de imobiliário residencial de luxo atingiu “números recorde” nos primeiros dez meses do ano, com mais de 300 transações concluídas e um crescimento de 53% face a igual período de 2020, com um preço médio de transação superior a 1,1 milhões de euros.

“Entre janeiro e outubro deste ano, foram fechadas pela Portugal Sotheby’s Realty um total de 317 transações, um número que representa um crescimento de 53% face ao registado nos primeiros dez meses de 2020, e um aumento de 39% quando comparado com igual período de 2019, demonstrando um crescimento sustentado e progressivo ao longo dos anos”, lê-se no comunicado enviado às redações.

Imobiliário de luxo em Portugal
Photo by Alberto Castillo Q. on Unsplash

No que diz respeito às nacionalidades dos seus clientes, a Portugal Sotheby’s Realty revela que vendeu imóveis de luxo a 22 nacionalidades diferentes nos primeiros dez meses do ano. Portugal, Reino Unido, Estados Unidos, Brasil e Espanha surgem como as cinco principais nacionalidades que mais compraram imóveis de luxo.

“Os números alcançados são bastante significativos e que comprovam não só a recuperação económica, fortemente penalizada pela pandemia, mas sobretudo a robustez do mercado imobiliário de luxo, no qual a Portugal Sotheby’s Realty é uma referência”, comenta Miguel Poisson, CEO da Portugal Sotheby’s Realty.

“Com a retoma da atividade económica, o retorno do investimento e a melhoria dos indicadores do turismo, é expectável um desempenho positivo do mercado imobiliário até ao final do ano, bem como no próximo ano 2022”, acrescenta o responsável.