Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

só 129 pessoas resgataram ppr para pagar prestações vencidas

seguradoras receberam 3.484 pedidos de resgate, 3.355 dos quais relativos a prestações por vencer
Autor: Redação

só 129 portugueses resgataram até agora planos poupança reforma (ppr) para pagar prestações de crédito à habitação vencidas. segundo a associação portuguesa de seguradores (aps), que voltou a classificar a nova lei de “socialmente injusta”, as seguradoras receberam, no primeiro semestre, 3.484 pedidos de resgate ao abrigo da nova legislação, que permite usar ppr sem perda de benefícios fiscais para pagar prestações da casa. mas 3.355 desses pedidos foram relativos a mensalidades que estavam por vencer e só 129 diziam respeito a crédito vencido

de acordo com o diário económico, que se se apoia nos dados divulgados pela aps, o valor resgatado não chega a 1,4 milhões de euros, ou seja, cerca de 0,1% do montante total investido em ppr, que ronda os 12 mil milhões de euros

citado pela publicação, pedro seixas vale, presidente da aps, referiu que “a distribuição de rendimentos em portugal não é homogénea” e que “as pessoas que fazem ppr são as que têm maiores níveis de rendimento”. “só uma percentagem mínima destas é que têm dificuldades em pagar o crédito à habitação. o que é errado é que por causa de um pequeno grupo de pessoas se tenha liberalizado de forma quase arbitrária o resgate de ppr, sem qualquer justiça social”, frisou