Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Alimentação saudável na Covid-19: o que muda e que cuidados há a ter com o ambiente

Sabias que cerca de 25% dos gases de efeito de estufa são emitidos através da agricultura?

Dan Gold on Unsplash
Dan Gold on Unsplash
Autor: Redação

A pandemia da Covid-19 mudou a sociedade, tendo deixado marcas – e continua a deixar – em vários setores de atividade e, claro, no dia a dia das pessoas. A alimentação não foge à regra, já que muitos portugueses estão (ou estiveram) em teletrabalho e acabaram por mudar os respetivos hábitos alimentares. Damos-te algumas dicas a ter em conta para que a tua alimentação seja mais saudável e que consigas, ao mesmo tempo, contribuir para preservar o meio ambiente.

Neste artigo, preparado pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor* para o idealista/news, explicamos-te tudo sobre este assunto.

Com o confinamento e o regime de teletrabalho alterei os meus hábitos alimentares. Comecei a fazer refeições mais ligeiras, mas mais frequentes. Gostava de saber mais sobre como fazer uma alimentação mais saudável e sempre com o objetivo de preservar o meio ambiente.

A alimentação sustentável é um termo utilizado para definir a adoção de um conjunto de estratégias capazes de gerir os recursos naturais, de modo a garantir a satisfação das necessidades humanas, conservando as funções dos ecossistemas e proporcionando o acesso a todos de alimentos nutritivos. 

Vivemos em plena emergência climática, portanto há que refletir sobre como se conseguirá alimentar mais de sete milhões de pessoas sem danificar a sustentabilidade? É certo que em 2050 haverá um aumento de 30% da população mundial. 

Entre muitos outros fatores, a agricultura intensiva ocupa um lugar de destaque na degradação do meio ambiente. Sabias que cerca de 25% dos gases de efeito de estufa são emitidos através da agricultura? 

São necessários mais solos desflorestáveis e aráveis para a produção alimentar, sendo que essa procura afeta as perdas de habitats das florestas e ameaça a biodiversidade, além de que os produtos utilizados na produção de alimentos (como pesticidas fertilizantes, entre outros) acabam por prejudicar cada vez mais a natureza. 

O que podes fazer no dia a dia? Deixamos algumas dicas:

  1. Conhece a origem dos produtos que compras e opta por produtos locais;
  2. Consome produtos da época e frescos;
  3. Adota a dieta mediterrânea, privilegiando o consumo de produtos de origem vegetal, sazonais e locais. Opta por leguminosas, legumes, frutas, frutos secos, etc.;
  4. Sê um mestre na cozinha, aproveita as sobras. Evita o desperdício alimentar;
  5. Reduz o uso das embalagens e do plástico;
  6. Não compres em excesso, nem aquilo que não precisas. Tem especial atenção à data de validade.

O resto é contigo, lembra-te que o mundo é um empréstimo. 

*Conta com o apoio da DECO através do número de telefone 21 371 02 20, do endereço eletrónico decolx@deco.pt. Podes também marcar atendimento via skype. Segue-nos na página de Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e Linkedin.