Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Rumores do dia

Autor: Redação

Pires de Lima diz que retoma económica ainda não chega a todos: Pires de Lima, ministro da Economia, espera que a consolidação orçamental possa abrir margem para reduzir a carga fiscal nos próximos anos e adiantou que ainda há um caminho a percorrer para que as pessoas sintam a recuperação económica. “Há um caminho importante a fazer para que esta retoma económica possa chegar ao bolso da generalidade dos portugueses”, disse, numa intervenção após a assembleia-geral da Associação Comercial do Porto. “Falar de recuperação económica e de retoma é falar porventura ainda de algo que não é sentido pela maioria dos portugueses”, acrescentou. (Expresso)

Venda da EGF pode render 11 milhões à câmara de Lisboa: O Governo já informou os municípios sobre as condições em que estes podem vender as suas participações nas empresas do grupo EGF. Segundo o Ministério do Ambiente, “o Governo já enviou as cartas para todos os presidentes de câmara”. Para a Valorsul, a maior subsidiária da EGF, o valor de referência foi fixado em 12,21 euros por ação. Desta forma, a câmara de Lisboa, que detém 17,85% da Valorsul (é o segundo maior acionista, atrás da EGF), pode encaixar pelo menos 11 milhões de euros com a venda da EGF. (Jornal de Negócios)

Portugueses mais dispostos a consumir e menos a poupar: Os portugueses pretendem diminuir o ritmo de poupança e aumentar o consumo em 2014. Estas são as conclusões do estudo “Lojas e Internet”, do Observador Cetelem, que inquiriu perto de oito mil europeus de 12 países. No caso de Portugal, os consumidores com intenções de aumentar as despesas passaram de 19% para 29%. Já as poupanças caíram de 48% para 35%. “Portugal posiciona-se como chefe de fila desta poupança sacrificada em 2014”, lê-se no estudo. (Dinheiro Vivo)

Artigo visto em
idealista news