Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Grande imobiliária holandesa ataca em força Portugal

Autor: Redação

A ProWinko, um investidor imobiliário privado holandês especializado no setor de retalho que tem escritórios em Portugal desde o ano passado, está a dar sinais de querer apostar forte em Portugal, sobretudo na Avenida da Liberdade, em Lisboa. A empresa comprou o edifício Liberdade 136 à brasileira Mogno Capital, que foi representada no negócio pela consultora imobiliária JLL, e está a promover uma loja no Liberdade 9, onde funcionou uma agência do BPI. No seu portfolio incluem-se lojas da Apple, Calvin Klein, Forever 21, H&M ou Primark.

O Liberdade 136 está localizado junto ao Teatro Tivoli e tem cerca de 2.000 m2 repartidos entre escritórios e retalho, encontrando-se totalmente ocupado. Segundo a JLL, na área de escritórios estão instaladas as empresas Actual Sales e Construlink e no espaço comercial encontra-se a André Ópticas. O valor da transação não foi revelado.

“Edifícios de escritórios prime e retalho de rua prime de média dimensão são o tipo de produto especialmente atrativo para os investidores privados e ‘family offices’, conforme se veio a verificar nesta transação, sendo a ProWinko Portugal um investidor mais especializado na compra de ativos de retalho de rua”, disse em comunicado João Sacadura, do departamento de Capital Markets da JLL.

Entretanto, e logo no início da Avenida da Liberdade, a ProWinko, que tem escritórios em Lisboa desde julho do ano passado – no edifício do Tivoli Forum, também na Avenida da Liberdade –, está a promover uma loja no piso térreo do Liberdade 9. A mesma foi em tempos uma agência do BPI e encontra-se num edifício onde funcionam a Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais, a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa e a sociedade de advogados TM&A.

Quem é a ProWinko?

Trata-se de um investidor imobiliário privado holandês especializado no setor de retalho e com forte presença nos mercados do Benelux (Holanda, Bélgica e Luxemburgo), mas que nos últimos anos tem vindo a apostar na expansão internacional – já está presente no Canadá e em Portugal.

O seu foco de investimento são ativos de retalho de elevada qualidade em localizações prime de grandes cidades, trabalhando com inquilinos de renome. Em atividade desde 1990, aposta sobretudo em ativos de rendimento, mas a sua estratégia de investimento passa também pela promoção e reconversão de projetos imobiliários.