Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Gestora do Santander e Apollo compra negócio de imobiliário da Oitante

A Oitante concentra os ativos tóxicos do Banif, que o Santander Totta não quis. / Banif
A Oitante concentra os ativos tóxicos do Banif, que o Santander Totta não quis. / Banif
Autor: Redação

A Altamira Asset Management, detida em 85% pelo fundo Apollo e em 15% do Santander, acaba de comprar a unidade de negócio responsável pela gestão dos ativos imobiliários e da carteira de crédito da Oitante - a entidade que ficou a gerir os ativos tóxicos do Banif, após a compra do banco por parte do Santander Totta. Foi também acordada a prestação de serviços da sociedade gestora espanhola para a venda de um lote de ativos imobiliários e crédito malparado da Oitante, na ordem dos 1,5 mil milhões.

A empresa espanhola especializada em gerir ativos de terceiros dá, com esta operação, o seu primeiro passo na internacionalização, tendo como objetivo ser "um servicer líder no mercado europeu", segundo conta em comunicado. Com ativos sob gestão avaliados em mais de 50 milhões de euros e cerca de 700 profissionais, a Altamira diz querer "replicar o negócio comprovado de sucesso conseguido em Espanha para outros mercados, como o português", acrescenta.

Com este negócio vai ser criada uma nova plataforma de serviços em Portugal, que visa aumentar o ritmo de liquidez dos ativos imobiliários e financeiros da Oitante e maximizar o valor resultante da venda dos mesmos.

Postos de trabalho serão mantidos, garante Oitante

A Oitante, por sua vez, "acredita que a conclusão desta transação permitirá a criação de uma nova plataforma de servicing em Portugal, trazendo as melhores práticas internacionais nesta área, com vista a incrementar o ritmo de monetização dos ativos imobiliários e dos non performing loans da Oitante e maximizar o valor resultante da sua alienação”, segundo afirma em comunicado.    

O concurso lançado para esta operação contou com um "conjunto bastante alargado de interessados". Além da Altamira, segundo a imprensa espanhola, também a Servihabitat, 49% do CaixaBank, estava na corrida.

A Oitante beneficia de uma garantia estatal de 422 milhões de euros, um valor que faz com que o preço da resolução do Banif possa ascender a 3.000 milhões de euros. O conjunto dos ativos e passivos da Oitante são desconhecidos do público em geral, uma vez que os balanços e os resultados desde a sua constituição continuam por revelar.    

Quem é a Altamira

A Altamira é uma entidade de gestão de ativos imobiliários e de crédito malparado em Espanha e esta aquisição representa o primeiro movimento de internacionalização da entidade, que tem sob gestão cerca de 50 mil milhões de euros em ativos.

No final do ano passado, o Santander esteve em negociações para comprar a participação que ainda não detinha na Altamira mas o negócio não avançou porque as duas entidades não chegaram a acordo por causa do preço.

A operação teve a assessoria financeira da Alantra e legal de Linklaters por parte da Oitante e da Uría Menéndez - Proença de Carvalho do lado da Altamira.