Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Venda de casas em planta na pandemia: 40% dos 256 apartamentos do Bayline já têm dono

Condomínio fechado no Algarve começou a ser construído em dezembro de 2019 e deverá estar concluído no verão de 2022.

Vanguard Properties
Vanguard Properties
Autor: Redação

A construção do Bayline, um condomínio fechado situado a 30 metros da Praia dos Pescadores, em Armação de Pêra (Algarve), arrancou em dezembro de 2019, tendo a comercialização dos apartamentos – 256 no total, de tipologias T1, T2 e T3 – iniciado em março deste ano. Em cinco meses, a promotora imobiliária Vanguard Properties (VP), que investiu 85 milhões de euros no projeto, vendeu 40% dos 256 imóveis, o que demonstra que continuam a ser transacionadas muitas casas em planta em tempos de pandemia. 

O Bayline, que estará concluído no verão de 2022, “é um dos últimos projetos residenciais ‘beachfront’ possíveis de serem desenvolvidos no Algarve e o único em condomínio fechado com vista mar, lagoa e a 30 metros da praia”, refere a VP, em comunicado.

Vanguard Properties
Vanguard Properties

Em causa está um projeto da responsabilidade da equipa de projetistas da Saraiva + Associados que “apresenta uma arquitetura contemporânea desenvolvida com acabamentos de excelência, terraços e vãos exteriores amplos para um melhor aproveitamento das vistas”, adianta a empresa.

“O condomínio oferece aos seus residentes uma vasta gama de serviços e áreas de lazer, nomeadamente, receção com serviços de concierge, spa, ginásio, piscinas interior e exterior, dois hectares de espaços verdes e campos desportivos. A maioria dos apartamentos têm ao mesmo tempo vista para o mar e para a lagoa, uma zona natural protegida com cerca de 6 km de extensão”, lê-se no documento.

Segundo a VP, o Bayline apresenta a certificação ambiental BREEAM (Building Reseach Establishment Environmental Assessment Method), um sistema que avalia a sustentabilidade de projetos de construção e cuja classificação se baseia em nove fatores: gestão, saúde e bem-estar, energia, transporte, materiais, resíduos, água, utilização do solo e ecologia e poluição.

Para José Cardoso Botelho, Managing Director da VP, o empreendimento “tem-se revelado um sucesso de vendas, apesar do contexto de pandemia” que se vive. “Atribuímos este sucesso aos argumentos excecionais no que diz respeito à localização, arquitetura e qualidade das ‘amenities’, fatores basilares na definição de um produto imobiliário. O projeto será único no Algarve pela sua qualidade, localização e vista incríveis tanto para o mar como para a Lagoa, que é uma zona de observação de aves onde nidificam várias espécies. Os residentes terão literalmente 6 km de praia à sua porta uma vez que o empreendimento se encontra a apenas 30 metros de distância do areal, o que é de facto algo fantástico. Algo realmente diferenciador é que a vista está presente em todos os pisos, incluindo o R/C”, conclui.

Vanguard Properties
Vanguard Properties