Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Belgas investem em residências de estudantes e seniores no Grande Porto

Promiris Portugal tem vários projetos em curso e outros em estudo no país, tal como revela a empresa ao idealista/news.

Promiris Portugal
Promiris Portugal
Autor: Elisabete Soares (colaborador do idealista news)

A Promiris Portugal tem em marcha três projetos de residências, em diferentes fases de desenvolvimento na zona Norte do país. Em causa estão duas unidades de alojamento para estudantes, localizadas no Porto, e uma terceira, em Vila Nova de Gaia, vocacionada para o segmento sénior. A empresa promotora, detida por investidores belgas e presente no país desde 2017, tem também em curso outro projeto imobiliário na área das residências para estudantes, localizado em Lisboa, estando ainda a estudar outros investimentos no país.

Carlos Marnoto, project manager da Promiris Portugal, revelou ao idealista/news que a residência de estudantes com a construção mais avançada fica localizada na Rua António Granjo, no Porto, contemplando um total de 212 unidades (quartos) e de 16 frações residenciais (apartamentos). Tem a conclusão prevista para o final deste ano.

residencias para estudantes
Promiris Portugal
residencias para estudantes
Promiris Portugal

Já a segunda residência de estudantes, localizada no Campus da Asprela, “encontra-se em fase de licenciamento, para aprovação do projeto de arquitetura e respetivos projetos de especialidades”, segundo adianta ainda o responsável, sem dar valores de investimento.

As duas unidades de residências de estudantes serão operadas pela Odalys, grupo empresarial francês, com forte presença neste segmento nas cidades francesas, e com um projeto de expansão para Espanha e Portugal. O grupo está ligado também ao turismo hoteleiro e encontra-se presente em Portugal.

Residência da Asprela com abertura para 2023

A futura residência de estudantes para o Campus da Asprela, tem já um PIP (Pedido de Informação Prévia) aprovado, e tem previsto o início de construção “no quarto trimestre deste ano, com abertura expectável ao público em setembro 2023”, destaca Carlos Marnoto.

O gabinete de arquitetura Saraiva e Associados - que colabora com a Promiris em outros empreendimentos em Lisboa - está a acompanhar o projeto da nova residência que “têm uma área bruta de construção de 7.635 metros quadrados (m2), num total de 264 unidades, e desenvolve-se por oito pisos acima do solo e um piso em cave, com 36 lugares de estacionamento”, detalha.

Carlos Marmoto indica também que a “este projeto está subjacente uma operação de loteamento e obras de urbanização, já aprovados pela autarquia portuense”, frisando que esta operação vai permitir “sustentar e restruturar o bom funcionamento do empreendimento, com a integração de novas infraestruturas viárias e complementares”.

residencias para estudantes
Promiris Portugal

A nova residência da Asprela tem prevista uma área de espaço exterior, que vai permitir o desenvolvimento de “uma zona de estar que permitirá estudar, fazer refeições ou apenas conviver”, bem como uma "horta onde será possível cultivar e colher produtos da época”, ficando rodeada por uma “mancha arbórea que oferece privacidade”, tal como aponta o responsável.

A Promiris tem em desenvolvimento um terceiro projeto imobiliário no segmento das residências para estudantes, localizado em Lisboa, que será gerido também pela Odalys, estando em estudo um conjunto de outros projetos para o país, em parceria com este operador francês.

Residência sénior no centro de Gaia

Segundo Carlos Marnoto, a futura residência sénior ficará localizada no centro de Vila Nova de Gaia e próxima do edifício da Câmara Municipal.

O empreendimento encontra-se “em fase de licenciamento do projeto de arquitetura e respetivos projetos de especialidades”, aponta, detalhando que este projeto tem “subjacente uma operação de reparcelamento e obras de urbanização, integradas na unidade de execução delimitados pelas ruas José Meneres \ Rua Quinta das Pedras \ Praceta das Camélias \ Rua Catorze de Outubro, já aprovada pela autarquia gaiense".

residencias seniores
Promiris Portugal

Enquadrada com um parque verde, com áreas de lazer e de circulação, a residência sénior apresenta uma área bruta de construção de 10 800 m2, num total de 126 frações (T0/T1/T2), sendo que o edifício vai desenvolver-se por nove pisos acima do solo, e dois pisos abaixo do solo, para estacionamento.

O promotor pretende “iniciar as obras no primeiro trimestre do próximo ano, com abertura expectável no final do ano de 2023”, afirma, dando a conhecer que a unidade de residência sénior será operada pelo grupo empresarial francês Domitys, especializado neste tipo de gestão e operação.

Com 18 anos de atividade, esta empresa é líder em França, com mais de 140 residências, encontrando-se em fase de expansão e já presente na Bélgica e Itália, e com projetos para Espanha, Portugal e Alemanha.

Casas novas no Porto: condomínio Miradouro com 70% já vendido

Um dos projetos da Promiris a avançar e que se destaca no mercado residencial do Porto é o condomínio Miradouro. Neste momento, a construção desenrola-se “dentro do planeado, a bom ritmo, com conclusão expectável no último trimestre de 2022”, tal como refere o responsável de projetos da Promiris.

Localizado entre a Travessa das Antas e a Rua Agostinho José Freire, o empreendimento residencial tem colocadas 70% das frações em comercialização. “Uma dinâmica de vendas muito interessante, visto que a comercialização deste empreendimento residencial se iniciou em janeiro deste ano, com a abertura de stand no local da obra”, diz.

O empreendimento é constituído por 54 frações, de tipologias T2, T3 e T4, acrescido de espaços verdes e de um conjunto de equipamentos comuns, como é o caso do ‘home’ cinema, ginásio e sala de condomínio.