Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

código laboral votado hoje no parlamento

proposta deve ser aprovada com votos do psd e do cds
Autor: Redação

as alterações ao código laboral, conseguidas no acordo tripartido entre o governo, ugt e patrões, são votadas hoje (sexta-feira, dia 30) na generalidade no parlamento, para baixarem, depois, à especialidade. segundo o jornal de negócios (jdn), a proposta será aprovada com os votos do psd e do cds. o ps decidiu que se vai abster, sendo que todos os deputados têm de respeitar essa orientação, algo que pode, no entanto, não acontecer – alguns anunciaram que votam contra

de acordo com o jdn, apesar do ps ter imposto aos deputados disciplina interna para se absterem, deverá haver alguns votos contra. a polémica na bancada socialista parece ter ganho ainda mais contornos quando jorge lacão, ex-ministro dos assuntos parlamentares, sugeriu a demissão de carlos zorrinho, líder parlamentar dos socialistas, caso os novos estatutos do partido venham a ser aprovados

entre as medidas que o governo pretende introduzir com a revisão do código de trabalho estão o despedimento por inadaptação, indemnizações mais baixas e trabalho extra pago a metade do valor, bem como menos descanso. outras das alterações dizem respeito ao corte no número de feriados e à redução de férias, passando as faltas nos dias de ponte a implicar perda de salário