Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

rumores

Autor: Redação

aumento do horário de trabalho só deve ser aprovado em setembro: as leis relativas ao aumento da carga horária e à requalificação dos trabalhadores do sector público só devem ir à votação na próxima sessão legislativa, que arrancará em setembro. "o governo não será ouvido esta semana. não há ainda data marcada para a audição do senhor secretário de estado da administração pública [hélder rosalino]. como a última sessão em plenário é no dia 24 [de julho], é muito pouco provável que esta possa incluir a votação global destes dois diplomas", revelou esta terça-feira aos jornalistas eduardo cabrita, o deputado socialista que preside a comissão de orçamento, finanças e administração pública (expresso)

função pública não escapa a taxa no subsídio de desemprego: os funcionários públicos que venham a necessitar de receber subsídio de desemprego não devem escapar à taxa contributiva de 6% que este ano passou a ser paga pelos desempregados. no diploma preambular à nova lei geral do trabalho em funções públicas (lgtfp) prevê-se que a protecção no desemprego dos funcionários públicos em requalificação que não consigam ser recolocados será feita de acordo com a legislação que regulamenta o subsídio de desemprego, incluindo as disposições previstas no orçamento do estado para 2013 (diário de noticias)

responsabilidades do estado com bpn podem chegar aos 816 milhões: as responsabilidades do estado derivadas da execução do contrato celebrado com o bic para a venda do bpn podem chegar até aos 816 milhões de euros. o valor consta de um relatório da roland berger pedido pela actual ministra das finanças, maria luís albuquerque – na altura, secretária de estado do tesouro e finanças e que tinha responsabilidades na condução da privatização do bpn. a 12 de novembro de 2011, a consultora alemã enviou um email para o ministério das finanças onde revela que a estimativa do montante geral de contingências associadas ao contrato de execução da privatização do bpn oscilava entre 816 milhões e 789 milhões de euros (público)

Artigo visto em
(idealista news)