Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Consórcio luso-francês cria marca promotora Solive após sucesso do Antas Build

A nova empresa vai avançar com projetos em Lisboa e no Porto, tanto na área de habitação como no setor dos serviços.

Empreendimento Antas Build / Tecnibuild/Legendre
Empreendimento Antas Build / Tecnibuild/Legendre
Autor: Elisabete Soares (colaborador do idealista news)

Localizado numa zona nobre da cidade do Porto, o empreendimento Antas Build veio preencher uma lacuna na procura, sobretudo da classe média alta, que ansiava por um projeto residencial de qualidade. Prova disso é que as vendas do condomínio na Alameda das Antas se revelaram “um sucesso, com a maioria das unidades já vendidas, restando apenas 14 unidades, de um total de 93”, tal conta ao idealista/news Paulo Ramos, administrador do grupo Tecnibuild, que está a desenvolver o projeto em parceria com a Legendre.

O investimento conjunto no Antas Build é da ordem dos 26 milhões de euros, mantendo-se em linha com o valor planeado desde a fase de lançamento do projeto, estando o empreendimento já em fase avançada de acabamentos e com a conclusão prevista das obras para o terceiro trimestre do presente ano.

Os bons resultados conseguidos neste empreendimento levaram os investidores desta parceria a decidir criar uma nova holding e lançar a marca Solive. “Esta insígnia vai promover os nossos futuros projetos imobiliários, sendo que temos um plano estratégico de investimentos na ordem dos 50 milhões de euros por ano”, revela Paulo Ramos.

Tecnibuild/Legendre
Tecnibuild/Legendre

Novos projetos vão avançar em Lisboa e Porto

“A parceria com o grupo Legendre está a correr muito bem”, avalia o responsável, referindo que “somos dois grupos empresariais que comungam das mesmas ideias e temos uma visão comum que passa pelo compromisso de inovar para a construção de cidades mais sustentáveis e humanas”.

Destaca também o facto de os dois grupos somarem “uma vasta experiência internacional, que claramente aporta um valor acrescentado aos projetos que levamos a cabo”.

O administrador adianta ainda que têm já projetos “identificados e adquiridos em Lisboa e no Porto, tanto na habitação como no setor dos serviços”, dando nota que estão ativos em todo o país “na procura de oportunidades de investimento que promovam o crescimento sustentado da promotora Solive".

Sete apartamentos ‘penthouse’ disponíveis

Em relação ao empreendimento Antas Build, das 14 unidades disponíveis para venda, destacam-se sete ‘penthouses’ na cobertura do edifício. Seis são unidades de tipologia T4, com áreas que vão dos 185 metros quadrados (m2) aos 220 m2, “todas com amplos terraços de cerca de 50 m2 que proporcionam uma vista privilegiada sobre o Estádio do Dragão e a parte oriental da cidade, bem como um exclusivo T3, de 155 m2, com um terraço único com exposição solar Sul e Nascente de 90 m2”, segundo descreve o responsável.

Paulo Ramos frisa que estas “unidades foram lançadas para comercialização numa fase mais tardia e que agora, com a conclusão da obra, revelam todo o esplendor destas exclusivas habitações”.

Tecnibuild/Legendre
Tecnibuild/Legendre

Restam também ainda seis habitações de tipologia T2, T2K e T1K+1, com áreas de 105 m2, 71 m2 e 53 m2, respetivamente, “tipologias estas que têm tido uma excelente aceitação por parte dos nossos clientes”, nas palavras do gestor.

Com a retirada dos andaimes das fachadas do edifício, o promotor iniciou também a comercialização dos espaços comerciais disponíveis, com lojas viradas para a Alameda das Antas e Rua Maria Adelaide Freitas Gonçalves, com áreas que vão dos 380 m2 aos 150 m2.

Tem ainda dois espaços destinados a serviços e escritórios com 430 m2 e 660 m2, sendo que “um deles é único pela sua exposição com entrada pelo quarteirão da torre das Antas, beneficiando pela proximidade e acesso a este polo importante de negócios e serviços”, destaca.

Importância da localização e da qualidade de construção

Paulo Ramos considera que um dos pontos fortes do Antas Build é a sua localização. “Há muito tempo que não nascia nenhum empreendimento na nobre Alameda das Antas e o Antas Build veio preencher uma procura, sobretudo, da classe média/alta que ansiava por um novo projeto de qualidade nesta zona”.

Por outro lado, frisa, “os nossos clientes privilegiam a qualidade de construção e os materiais criteriosamente escolhidos, tanto quanto à sua qualidade e estética, como na sustentabilidade ambiental”.

Tecnibuild/Legendre
Tecnibuild/Legendre

O Antas Build tem eficiência energética classe A, com ventilação centralizada que “garante permanentemente a qualidade do ar da habitação e com um nível de isolamento térmico e acústico acima da média”, diz ainda, salientando que, no que corresponde aos níveis térmicos, acústicos e de qualidade do ar, "estes superam, em pelo menos 25%, os níveis regulamentares”.

Por fim, realça a fachada ventilada com revestimento em Dekton de grandes dimensões, "única na cidade do Porto" e que "garante um excelente isolamento térmico e uma estética contemporânea com alta durabilidade e praticamente nula manutenção”.