Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Fundo COVIVIR está a chegar a Portugal - 150 milhões para investir em coliving e não só

Primeiro investimento está previsto para uma residência de estudantes no campus Asprela da Universidade do Porto.

Residencia de estudantes
Photo by LinkedIn Sales Solutions on Unsplash
Autor: Redação

Há um novo fundo de capital de risco a chegar ao mercado português. A luxemburguesa Tabah Capital e a Optime Investments uniram-se para lançar o fundo COVIVIR e já estão a delinear estratégias a nível internacional de forma a captar 150 milhões de euros. O objetivo é investir em novos alojamentos para estudantes e unidades de coliving em Portugal, mas não só.

Este novo fundo vai ser regulado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) e destina-se tanto a pequenos investidores, que procuram aceder aos Vistos Gold, como a investidores institucionais, que procuram retornos com dois dígitos, segundo explicam em comunicado enviado às redações. 

O primeiro investimento do fundo deverá ser na nova residência de estudantes - Purposed Built Student Housing (PBSA), em inglês – que a Tabah Capital está a desenvolver no campus universitário da Asprela e que irá disponibilizar 500 unidades aos estudantes do Porto. Em vista estão também outras projetos de residências de estudantes e coliving em Portugal e também noutras cidades europeias.

Fundo vai investir em coliving
Photo by Bench Accounting on Unsplash

O objetivo da Tabah Capital passa por criar um portfólio de 3.000 quartos nos próximos dois anos. E o horizonte para os próximos cinco anos é ainda mais ambicioso: ser um dos ‘principais’ investidores a apostar em residências para estudantes e em coliving nas capitais da União Europeia, lê-se no documento.

Para atingir estas metas, a luxemburguesa já tem em vista cinco oportunidades de investimento em coliving e alojamentos para estudantes. Neste momento, a operação está em processo de estruturação em parceria com operadores internacionais de ambos os setores.

A Tabah Capital é liderada por Alexis Delprat (ex-Head of Savills Hotels EMEA) e está ativa em Portugal e na península ibérica desde 2013, operando na estruturação da aquisição e desenvolvimento de hotéis de média escala geridos por marcas internacionais.

Por seu turno, a Optime Investments é liderada pelo recentemente presidida por Pedro Cardoso, que foi nomeado por Tiny N' Gunu, empresário africano e presidente da Emerald Group, que detém a empresa.