Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

portas facilitou com tsu para evitar “crise trágica de governo”

paulo portas considera que ainda é possível recuar na decisão de aumentar a tsu
Autor: Redação

paulo portas revelou, domingo, que sempre esteve contra o aumento da taxa social única (tsu) para os trabalhadores e que apresentou alternativas ao primeiro-ministro pedro passos coelho. o líder do cds e ministro dos negócios estrangeiros adiantou que não bloqueou a medida para evitar "uma crise trágica de governo”, mas exige que o agravamento das contribuições para a segurança social sejam negociadas com os parceiros sociais até ao orçamento do estado. a coligação psd/cds-pp parece estar a atravessar uma crise, com os sociais democratas a agendarem para esta segunda-feira uma reunião da comissão permanente

de acordo com o diário económico, paulo portas considera que ainda é possível recuar na decisão de aumentar a tsu através de “outros caminhos”, como por exemplo vender património do estado, reduzir a despesa "excessiva" nas empresas públicas e actuar sobre "a onerosidade pesadíssima das parcerias público-privadas". ainda assim, portas disse não querer condicionar a actuação do executivo. “não direi absolutamente nada que prejudique a margem de manobra do governo", explicou