Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Bancos

Últimas notícias sobre "Bancos" publicadas em idealista.pt/news

Moratórias de crédito à habitação: muitas privadas serão revistas e transferidas para o regime público

O prolongamento, até 31 de março de 2021, da moratória que permite suspender o pagamento das prestações dos empréstimos bancários, nomeadamente do crédito à habitação, é uma espécie de balão de oxigénio para as famílias, em tempos de pandemia da Covid-19. Muitas serão, no entanto, chamadas a rever as moratórias que já lhes foram atribuídas, em concreto aqueles agregados que tinham moratórias privadas e que passam agora a estar abrangidos pelas moratórias públicas.

Notícia sobre:

Prolongamento da moratória do crédito já em vigor e com novas regras - como e quem pode beneficiar

O prolongamento por mais seis meses, até 31 de março de 2021, da moratória que permite suspender o pagamento das prestações dos empréstimos bancários, nomeadamente do crédito à habitação, entrou em vigor esta quarta-feira (17 de junho de 2020), tendo o Decreto-Lei n.º 26/2020 – procede à segunda alteração do Decreto-Lei n.º 10-J/2020 – já sido publicado em Diário da República (DRE). Uma boa notícia para as famílias em tempos de pandemia da Covid-19, já que ficam com mais tempo para retomar o pagamento normal dos respetivos créditos. 

Notícia sobre:

BEI e UCI disponíveis para financiar investimentos imobiliários ecológicos na Península Ibérica

O Banco Europeu de Investimento (BEI) e a Unión de Créditos Inmobiliarios (UCI) – instituição financeira presente em Espanha, Portugal, Grécia e Brasil – vão financiar investimentos ecológicos na Península Ibérica, um acordo que vai permitir à última instituição gerir uma carteira de financiamento verde de pelo menos 100 milhões de euros em Portugal e Espanha.

Notícia sobre:

Crédito à habitação já está a sentir os efeitos da Covid-19

Depois de um arranque de ano em força, com o melhor primeiro trimestre desde a crise financeira de 2008, a concessão de novo crédito à habitação está agora a enfraquecer, dando sinais de contágio da Covid-19. Os empréstimos para a compra de casa registaram em abril o valor mais baixo em oito meses, com os bancos a financiarem menos 121 milhões de euros, face ao mês anterior.

Notícia sobre:

Moratórias de crédito prolongadas até março de 2021 para combater a Covid-19

Agora é oficial. O Governo aprovou o prolongamento por mais seis meses, até 31 de março de 2021, da moratória que permite suspender o pagamento das prestações dos empréstimos bancários, nomeadamente do crédito à habitação. A medida foi anunciada pelo primeiro-ministro, António Costa, esta quinta-feira (4 de junho de 2020), no final do Conselho de Ministros que aprovou o Programa de Estabilização Económica e Social (PEES), que vai vigorar até ao final do ano e que contempla as medidas de resposta à crise causada pela pandemia do novo coronavírus.

Notícia sobre:

Moratórias no crédito prolongadas por mais seis meses – até 31 de março de 2021

As moratórias no crédito, nomeadamente à habitação, vão ser prolongadas por mais seis meses e de forma automática, o que significa que as famílias e as empresas afetadas pela pandemia do novo coronavírus só voltam a pagar as prestações ao banco no final do primeiro trimestre de 2021 – o prazo terminava em setembro deste ano.

Notícia sobre:

Crédito malparado nos empréstimos para a compra de casa desce em abril

O crédito malparado nos empréstimos aos particulares para compra de casa e às empresas desceu em abril – em plena crise causada pela pandemia do novo coronavírus –, face ao período homólogo. No caso dos particulares, o valor em dívida aos bancos representava 2,05% do crédito total concedido, menos que em março (2,06%) e que em abril do ano passado (2,69%). No crédito à habitação o malparado era ainda menor, de 0,74%, abaixo dos 0,77% do mês anterior e dos 1,4% do mesmo mês do ano passado.

Notícia sobre:

Avaliação bancária de casas sobe para 1.111 euros por m2 em abril – o mesmo valor que na pré-pandemia

Em abril, os bancos voltaram a aumentar o valor da avaliação bancária realizada no âmbito da concessão de crédito à habitação. Depois de ter caído um euro em março, face ao mês anterior, para 1.110 euros por metro quadrado (m2), o valor mediado na avaliação bancária volta agora a aumentar também um euro, para 1.111 euros por m2. O mesmo valor recorde, portanto, que o verificado em fevereiro, no período pré-pandemia de novo coronavírus.

Notícia sobre:

Moratórias alargadas ao crédito pessoal e emigrantes em estudo pelo Governo

Até ao final de abril, os bancos receberam quase 570 mil pedidos de moratória, sendo que a maioria dos pedidos (345.551 contratos) está integrada no regime da moratória pública. Para ajudar a combater os efeitos causados pela crise da pandemia do novo coronavírus, o Governo deverá estender a moratória pública do crédito à habitação até final do ano – termina em setembro –, bem como alargá-la a contratos de consumo e empréstimos de segundas habitações, abrangendo, desta forma, os emigrantes.

Notícia sobre: