Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Empréstimos habitação

Últimas notícias sobre "Empréstimos habitação" publicadas em idealista.pt/news

Banca volta a dar mais crédito para a compra de casa

O 'stock' dos financiamentos para a compra de casa voltou a subir em setembro, sete meses depois do início da pandemia, e atingiu os 93.998 milhões de euros. Um valor que está acima dos 93.786 milhões de euros de agosto e dos 92.909 milhões de euros de setembro de 2019, e que também já é, de resto, o mais alto desde abril de 2017. Os dados são do Banco de Portugal (BdP) e revelam que o conjunto total de empréstimos aos particulares aumentou para 119.831 milhões de euros no mês passado, face aos 119.519 milhões de euros de agosto e aos 118.205 milhões de euros do mês homólogo - o valor mais elevado desde novembro de 2015.

Notícia sobre:

O que é (e como obter) o Mapa de Responsabilidades do Banco de Portugal?

O que é o Mapa de Responsabilidades do Banco de Portugal (BdP) e para que serve este documento? Trata-se, na prática, de uma informação que agrega todos os teus créditos e que identifica qual o banco ou instituição financeira onde tens empréstimos, bem como quais são as tuas obrigações mensais. 

Notícia sobre:

Covid-19: seis dos maiores bancos já concederam mais de 400 mil moratórias

As moratórias de crédito foram criadas como uma ajuda a famílias e empresas penalizadas pela crise económica desencadeada pela pandemia da Covid-19. Foi em março que o Governo aprovou uma moratória legal (pública), permitindo a suspensão do pagamento das prestações dos respetivos empréstimos bancários, nomeadamente do crédito à habitação – o mais procurado. Entretanto, o Executivo liderado por António Costa decidiu prolongar o regime até 31 de março de 2021, e incluiu mais clientes e mais créditos, sendo 30 de setembro de 2020 a data limite para aderir. Até agora, e segundo o balanço dos seis maiores bancos com atividade em Portugal, já foram concedidas mais de 400 mil moratórias.

Notícia sobre:

Crédito à habitação travado pela pandemia: empréstimos caem para mínimos do verão passado

Os empréstimos para a compra de casa em Portugal continuam a abrandar e a sentir os efeitos negativos da pandemia da Covid-19. Segundo os dados mais recentes do Banco de Portugal (BdP), em maio, a banca emprestou 792 milhões de euros para a habitação, menos 14% que em igual mês do ano anterior. O valor emprestado para a compra de casa fica aquém do valor concedido em abril (831 milhões de euros) e é o mais baixo desde agosto de 2019.

Notícia sobre:

Avaliação que banca faz às casas já reflete efeitos da Covid-19

Março de 2020 marcou um ponto de inflexão na tendência de subida do valor atribuído pela banca às casas em Portugal, desde 2016. No mês passado, foi assim a primeira vez que a avaliação bancária realizada no âmbito do crédito à habitação registou uma quebra num período de quatro anos, evidenciando já os efeitos da crise gerada pela pandemia global do coronavírus, segundo os dados oficiais do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgados esta segunda-feira, dia 27 de abril de 2020. 

Notícia sobre:

Moratória no crédito à habitação aprovada pelo Governo: quem tem direito e como funciona

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, 26 de março de 2020, uma moratória para o crédito às famílias e empresas. Trata-se de uma medida que permite aliviar os encargos com prestações a quem seja afetado pelos efeitos económicos negativos da pandemia do novo coronavírus, e estará em vigor por seis meses, até 30 de setembro deste ano. Explicamos-te agora o que é, como funciona e quem pode aceder a este regime.

Notícia sobre:

Empréstimos da casa com taxa de juro abaixo de 1% pela primeira vez

Há sete meses consecutivos que as taxas de juros implícitas no crédito à habitação estão a descer, tendo atingido em fevereiro um novo mínimo histórico. Pela primeira vez, e seguindo uma tendência de queda registada desde agosto de 2019, os juros ficaram abaixo de 1% pela primeira vez nos empréstimos da casa em Portugal, no mês passado, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Notícia sobre:

Cartel da banca no crédito à habitação descoberto a partir de um email da CGD

Foi com base num email interno da CGD, contendo dados relativos a créditos à habitação do BCP, Santander, BES, BPI e Montepio, que a Autoridade da Concorrência “descobriu” que havia um cartel da banca. O inquérito levado a cabo pela entidade terminou com a condenação a 14 bancos ao pagamento de uma coima global de 225 milhões de euros.

Notícia sobre: