Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Rendas em Lisboa

Últimas notícias sobre "Rendas em Lisboa" publicadas em idealista.pt/news

Arrendamento “vivo” em Lisboa e com número recorde de novos contratos

No primeiro semestre do ano, foram celebrados 9.065 novos contratos de arrendamento no concelho de Lisboa, “um recorde desde que há registos”, revela em comunicado a LXhabidata, uma nova plataforma digital que reúne de forma sistemática dados relativos à habitação nos 18 concelhos da Área Metropolitana de Lisboa (AML). Segundo dados divulgados pelo idealista, o preço das casas colocadas no mercado de arrendamento desceu 4,2% num ano. 

Notícia sobre:

Renda acessível no Restelo: CML propõe construção de 9 edifícios e 578 casas

A Câmara Municipal de Lisboa prevê construir 9 edifícios, entre 3 e 8 pisos, num total de 578 apartamentos, no Alto do Restelo, no âmbito do Programa de Renda Acessível.

Notícia sobre:

Apoio às rendas em Lisboa na pandemia: famílias com perda de rendimentos com acesso facilitado

A Câmara Municipal de Lisboa (CML) vai lançar uma edição do Subsídio Municipal ao Arrendamento Acessível (SMAA) destinada às famílias que perderam rendimentos durante a atual crise pandémica. O acesso ao programa – substituíu o Subsídio Municipal ao Arrendamento – será, assim, facilitado, visto que o candidato não terá de apresentar a última declaração de IRS, mas apenas os últimos recibos de ordenado ou equivalentes.

Notícia sobre:

Subida das rendas em Lisboa abranda (mas estão em máximos de oito anos)

Arrendar casa em Lisboa é mais caro que há um ano, mas a subida dos preços está a abrandar. No segundo trimestre do ano, as rendas das casas na capital subiram 1,8% face ao trimestre anterior e 17% em termos homólogos. Aumentos inferiores aos verificados nos primeiros três meses do ano, quando as rendas dispararam 4,6% em termos trimestrais e 20% em termos homólogos.

Notícia sobre:

Rendas das casas vão subir 0,5% em 2017

Boas notícias para inquilinos; más notícias para senhorios. As rendas de habitações em Portugal, depois de dois anos de estagnação, vão subir em 2017, mas pouco. A atualização do valor deverá fixar-se à volta dos 0,5%, tendo em conta o valor do Índice de Preços do Consumidor (IPC), publicado esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Ainda assim será o maior aumento desde 2014.

Notícia sobre:

Arrendamentos de escritórios disparam em Lisboa

A absorção no mercado de escritórios de Lisboa nos primeiros quatro meses de 2016 ascendeu a 39.571 m2, mais 23% que no período homólogo (32.118 m2). Em causa estão dados que constam no Office Flashpoint de abril da consultora imobiliária JLL.

Notícia sobre:

Lisboa: Avenida da Liberdade e Chiado têm as rendas comercias mais caras

A Avenida da Liberdade e o Chiado são as zonas de Lisboa com rendas mais caras no segmento comercial. O valor mensal pago nestas áreas pode variar entre os 50 e os 90 euros por metro quadrado (m2). Nas restantes zonas da capital a renda pedida pelos senhorios/proprietários é bem mais baixa: varia entre os 10 e os 35 euros.

Notícia sobre:

Ateneu e Grémio Literário da capital com aumento "brutal" de rendas

A nova lei das rendas, que entrou em vigor em novembro de 2012, continua a gerar muita polémica. Em algumas coletividades de Lisboa, por exemplo, as rendas aumentaram 30 vezes. O Ateneu da Madre Deus, na freguesia do Beato, e o Grémio Literário, na Baixa, são dois bons exemplos, pelo que a solução passou por aumentar as quotas ou encontrar novas formas de exploração.

Notícia sobre:

Lisboa: rendas descem 11,4% em três anos

O mercado de arrendamento está a ganhar cada vez mais adeptos, sobretudo entre os jovens, e os valores praticados têm vindo a baixar. Uma situação que justifica a maior procura de imoveis para arrendar. Nos últimos três anos (entre 2010 e 2013), as rendas no concelho de Lisboa desceram 11,4%.

Notícia sobre: