Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Herdade da Comporta em risco de insolvência

Autor: Redação

“O fundo imobiliário da Herdade da Comporta arrisca a insolvência”. A informação foi avançada pelos gestores de insolvência das empresas do Grupo Espírito Santo (GES), depois do Ministério Público (MP) ter decidido travar a venda da Comporta ao empresário Pedro Almeida, por falta de transparência no processo.

Este ativo está, assim, arrestado pelo Estado e, para que seja vendido, o MP tem de autorizar o levantamento deste arresto. No relatório com data de 31 de dezembro, os gestores do GES deixaram o alerta sobre a possível insolvência, revelando que recorreram da decisão que impediu o levantamento do arresto.

No relatório e contas de 2016, escreve o Jornal de Negócios, o fundo imobiliário da Comporta, que tem 59% das unidades de participação nas mãos da Rioforte, inscreveu que "a entrada de um novo investidor seria determinante para a continuidade e desenvolvimento dos projetos do fundo, bem como a regularização dos compromissos financeiros existentes". Até agora o negócio não avançou, pelo que compromissos financeiros são uma preocupação cada vez maior.