Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Rioforte

Últimas notícias sobre "Rioforte" publicadas em idealista.pt/news

Herdade da Comporta será vendida por 158,2 milhões ao consórcio Amorim/Vanguard

O consórcio formado pelo fundo Vanguard Properties e pela Amorim Luxury, liderado pela empresária Paula Amorim, melhorou a oferta feita pela compra dos ativos da Herdade da Comporta: inicialmente tinha oferecido 156,4 milhões de euros e coloca agora “em cima da mesa” 158,2 milhões de euros. A decisão será tomada em breve, na assembleia-geral de dia 27 de novembro, e falta ainda a aprovação do Ministério Público (MP).

Notícia sobre:

Novo Banco quer ter uma palavra a dizer na venda da Herdade da Comporta

O Novo Banco quer ter uma palavra a dizer na venda dos principais ativos imobiliários da Herdade da Comporta. Nesse sentido, introduziu um novo ponto à ordem de trabalhos da assembleia-geral que tem a alienação ao consórcio Amorim Luxury e Vanguard Properties como tema, que se realiza a 27 de novembro.

Notícia sobre:

Novo processo de venda da Herdade da Comporta será assessorado pela Deloitte

O novo processo de venda das duas Áreas de Desenvolvimento Turístico (ADT) da herdade da Comporta que se encontram sobre gestão da Gesfimo – Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado será assessorado pela Deloitte Consultores. As condições desta alienação devem ser conhecidas na próxima semana.

Notícia sobre:

Herdade da Comporta em risco de insolvência

“O fundo imobiliário da Herdade da Comporta arrisca a insolvência”. A informação foi avançada pelos gestores de insolvência das empresas do Grupo Espírito Santo (GES), depois do Ministério Público (MP) ter decidido travar a venda da Comporta ao empresário Pedro Almeida, por falta de transparência no processo.

Notícia sobre:

Escutas travam venda da Herdade da Comporta

Sabe-se agora que, por detrás da justificação que o Ministério Público (MP) deu relativamente ao bloqueio da venda da Comporta, está uma investigação do Departamento de Investigação e Ação Penal (DCIAP). A mesma detetou, através de escutas telefónicas e buscas ao empresário Pedro Almeida, indícios de crimes na operação.

Notícia sobre:

Ministério Público trava venda da Herdade da Comporta

A venda do fundo imobiliário da Herdade da Comporta não avançou. O fracasso do negócio deve-se ao facto do Ministério Público (MP) não ter dado autorização, no prazo definido, para o levantamento do arresto que permitiria a alienação da maioria do fundo – por parte da insolvente Rioforte – ao empresário Pedro de Almeida.

Notícia sobre:

Receitas das vendas da Comporta serão arrestadas e ficam em Portugal

As receitas da venda da Comporta vão ser alvo de arresto de forma a ficarem em Portugal. Esta foi uma das condições impostas pela justiça nacional para permitir a alienação da herdade que pertencia ao Grupo Espírito Santo (GES) e que está localizada na costa alentejana.

Notícia sobre:

Herdade da Comporta volta a estar à venda

A Herdade da Comporta saiu do controlo da família Espírito Santo quando o Grupo Espírito Santo colapsou e hoje faz parte dos ativos da RioForte que serão vendidos para pagar a credores. Após uma tentativa falhada, o processo avança agora de novo: o terreno será colocado à venda em mercado internacional entre a última quinzena de setembro e a primeira de outubro.

Notícia sobre:

GES vende arranha-céus em Miami por 142 milhões de dólares

O edifício Espírito Santo Plaza foi vendido por 142 milhões de dólares (125,6 milhões de euros) a uma filial do grupo imobiliário Gaedeke, segundo a imprensa local. Este imóvel, que pertencia à Rioforte, foi colocado no mercado em 2014 no âmbito da falência da holdingdo Grupo Espírito Santo.

Notícia sobre:

Venda dos Tivoli aos tailandeses da Minor concluída este ano, apesar do arresto de bens

Os ativos da rede Tivoli estão arrestados pelo tribunal, mas isso não vai impedir a conclusão da venda em curso dos hotéis que eram do Grupo Espírito Santo. Os novos donos são o grupo tailandês Minor International (MINT), que já têm a propriedade de quatro imóveis e pretendem concluir o processo de compra das restantes unidades hoteleiras até ao final deste ano.

Notícia sobre: