Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Maior empreendimento logístico em Portugal deve estar a funcionar no primeiro trimestre de 2021

Decorrem a bom ritmo os trabalhos na Plataforma Logística Lisboa Norte, que é detida pela Merlin Properties.

Merlin Properties
Merlin Properties
Autor: Redação

Estão a desenvolver-se a bom ritmo os trabalhos na Plataforma Logística Lisboa Norte (PLLN), o maior empreendimento logístico que está a ser desenvolvido em Portugal – foi comprada, em 2016, pela Merlin Properties (MP) à Saba Parques Logísticos Portugal, antiga Abertis Logística Portugal –, que contará numa fase inicial com 45.000 metros quadrados (m2) de espaço logístico. As consultoras Savills e CBRE, que comercializam o empreendimento em regime de parceria, adiantam que a PLLN deverá estar a funcionar no primeiro trimestre de 2021.

Em causa está um complexo logístico localizado a 25 km de Lisboa, na Castanheira do Ribatejo

“Com o arranque da PLLN marcamos a diferença no mercado logístico português, tradicionalmente atomizado, em benefício de uma maior concentração de m2 disponíveis adaptados a todas as necessidades dos operadores atuais. Além disso, trata-se de um empreendimento sem precedentes no mercado português, que oferece a oportunidade para criar projetos chave na mão para as principais empresas de e-commerce e operadores nacionais e internacionais”, diz João Cristina, responsável da MP em Portugal.

Para Pedro Figueiras, da Savills, “é muito gratificante desenvolver um projeto como este e oferecer o maior espaço logístico português num momento em que este mercado regista uma procura muito superior à oferta”. “Estando este produto pronto dentro de breves meses, estamos certos que esta nova área disponível será concluída no momento mais oportuno”, refere, citado na nota.

Nuno Pereira da Silva, diretor da área de Industrial e Logística da CBRE, enaltece o facto do retalho e da logística serem indissociáveis e considera que “com o crescimento do comércio on-line, a localização junto à cidade de Lisboa permitirá satisfazer com maior rapidez as necessidades de um consumidor cada vez mais exigente”.