Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Hub Criativo do Beato abre portas ainda este ano

Três dos 18 edifícios que compõem o complexo – o espaço tem 35 mil metros quadrados (m2) – ainda não têm dono.

Hub Criativo do Beato abre portas ainda este ano
Página de Facebook do Hub Criativo do Beato
Autor: Redação

O Hub Criativo do Beato (HCB), em Lisboa, vai abrir portas no final deste ano, sendo que a incubadora Factory e o espaço alimentar Praça serão os primeiros locais a entrar em atividade. Três dos 18 edifícios que compõem o complexo – o espaço tem 35 mil metros quadrados (m2) – ainda não têm dono. Foi ali, recorde-se, que durante anos funcionou o antigo espaço industrial do Exército português, anteriormente designado Manutenção Militar. Irá agora ser um centro de inovação para empresas criativas e tecnológicas.

“Neste antigo espaço industrial do Exército português, anteriormente designado Manutenção Militar, costumava fabricar-se farinhas, massas, pão, bolachas e outros alimentos da fileira dos cereais, hoje está em profundas obras de reabilitação para acolher mais de 3 mil pessoas de todo o mundo que querem produzir inovação, a par de uma ampla oferta de serviços e equipamentos de restauração, lazer e cultura, abertos a toda a cidade. O lugar para empreendedores, startups, scaleups, investidores, incubadoras e profissionais talentosos dedicados ao futuro da inovação tecnológica e digital”, lê-se no site do HCB.

Segundo o Dinheiro Vivo, que fez uma visita ao local, é pela entrada da travessa do Grilo que o espaço vai começar a funcionar, com a ocupação de quatro dos 18 edifícios. A incubadora de empresas tecnológicas Factory vai acolher as primeiras startups e empresas ligadas à tecnologia e indústrias criativas, como o centro tecnológico da Mercedes em Portugal, e o espaço alimentar Praça receberá os primeiros visitantes. 

Sobre o andamento das obras, Miguel Fontes, diretor executivo da Startup Lisboa, adiantou, citado pela publicação, que já “foram refeitas as redes de água e de esgotos e que está tratada toda a parte elétrica”. 

Hub Criativo do Beato abre portas ainda este ano
Hub Criativo do Beato © Pedro Panarra/Dinheiro Vivo

Haverá moradores no HCB

Destaque para o facto de estar prevista a construção, no HCB, de um projeto de residências partilhadas (coliving), num espaço com 4.400 m2 que irá ter “130 alojamentos, que poderão ser micro-apartamentos ou apartamentos”, adiantou o responsável, sublinhando que as obras no antigo Convento das Grilas deverão arrancar este ano.

De acordo com a publicação, a Câmara Municipal de Lisboa já investiu 18 milhões de euros no complexo. Além dos mais de 4,2 milhões de euros nas obras de infraestruturas, a autarquia acabou por gastar 12,3 milhões de euros na compra do espaço ao Estado, podendo utilizá-lo por um período de 40 anos. A este valor há que somar mais de 700.000 euros para o transporte e depósito de solos contaminados e cerca de 800.000 euros para as obras no edifício que será ocupado pela Startup Lisboa.

Conforme referido em cima, dos 18 edifícios do HCB, três ainda não têm dono, sendo que os antigos armazéns de cereais estão sem projeto. No final, quando tiver 100% operacional, o HCB deverá dar emprego a cerca de 3.000 pessoas