Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

lisboa: preço das casas nas zonas históricas aumenta 10,8%

Os preços caíram de forma mais acentuada na Margem Norte do que na Margem Sul
Autor: Redação

os preços das casas nas zonas históricas de lisboa estão a aumentar. num ano, a avaliação feita pelos bancos aos imóveis cresceu mais de 10%, uma evolução que está a contribuir para o facto de os valores estarem a subir na área metropolitana de lisboa (aml). em julho, pelo terceiro mês seguido, a avaliação bancária da habitação subiu na aml. ainda assim, e apesar dos valores estarem a estabilizar, estão abaixo dos registados no final do ano passado

de acordo com o jornal de negócios, que se apoia em dados do instituto nacional de estatística (ine), bairro alto, chiado e castelo de são jorge são algumas das zonas históricas da capital que têm vindo a ser valorizadas pela banca. em julho, face ao período homólogo, o preço do m2 das habitações nestas zonas aumentou 10,8%. quando comparado com o mês anterior, junho, cresceu 2,4%, para 1.810 euros o m2

citado pela publicação, miguel poisson, director-geral da era portugal, referiu que “as zonas históricas de lisboa estão a beneficiar de uma tendência muito particular (que se acentuou nos últimos dois anos), que tem a ver com a entrada no mercado de muitos investidores que compram imóveis nas zonas históricas para os remodelarem e colocarem no arrendamento de curta duração dirigido a turistas que visitam a capital”. de acordo com o responsável, “lisboa é um destino muito procurado por estrangeiros e esta oportunidade está a ser bem aproveitada por muitos investidores”

notícia relacionada

valor médio da avaliação bancária de casas estabiliza (gráficos)