Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Novo Banco perdeu 270 milhões com venda de imóveis e malparado

Autor: Redação

O Novo Banco perdeu 270 milhões de euros na venda de carteiras de crédito malparado e de imóveis no ano passado. Apesar das vendas, e do esforço de limpar do seu balanço os ativos tóxicos, as operações do banco liderado por António Ramalho tiveram um impacto negativo nas contas.

Em causa estão dois projetos, nomeadamente o projeto Nata (crédito malparado) e Viriato (imóveis), que geraram perdas de 110,1 milhões e 159 milhões de euros, respetivamente, totalizando 269,1 milhões de euros, segundo o relatório e contas do Novo Banco, citado pelo Jornal de Negócios.

A operação Nata incluía duas parcelas de crédito malparado, uma de 550 milhões e outra de 1,2 mil milhões de euros, já o projeto Viriato incidiu na venda de 9.000 imóveis à Anchorage Capital - a operação custou mais de 150 milhões de euros ao resultado líquido do Novo Banco, como o idealista/news havia noticiado

Em teoria, as vendas das carteiras tóxicas permitem aos bancos melhorarem os seus balanços, contudo, podem ter impacto negativo nas contas, caso haja necessidade de suprir a diferença a que os créditos estão registados no balanço e o valor a que são vendidos. Foi o que aconteceu ao Novo Banco, que no ano passado registou um prejuízo de 1.412 milhões de euros.