Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Sonae Sierra inicia novo ciclo e diversifica aposta no imobiliário

Expandir atividade na promoção imobiliária a projetos urbanos sustentáveis é uma das novas apostas.

Sonae sierra tem nova estratégia
Foto de Andrea Piacquadio no Pexels
Autor: Redação

Um novo ciclo se inicia no seio da Sonae Sierra. Depois de lançar a Sierra Prime em 2020 e a Reify. em março de 2021, a empresa resolveu renovar a sua estratégia no mercado, apostando no negócio de gestão de investimentos imobiliários, na promoção de projetos urbanos sustentáveis e ainda na criação de novas experiências nos seus centros comerciais.

Renovando a sua estratégia em três eixos e tendo a sustentabilidade como pilar essencial, a Sonae Sierra dá o primeiro passo naquele que diz ser um novo ciclo de negócio. O primeiro eixo da sua nova estratégia diz respeito à expansão do negócio de gestão de fundos de investimento, uma aposta que “permitirá alargar a criação de veículos desenhados à medida das preferências de cada parceiro, alavancando a experiência acumulada ao longo de 30 anos em imobiliário, com investidores institucionais e privados”, lê-se no comunicado enviado às redações.

Expandir a sua atividade na promoção imobiliária a projetos urbanos sustentáveis e diferenciadores é outro dos pilares da sua estratégia. A sua aposta passará, em concreto, por projetos urbanos que integram, na vida das comunidades locais, diferentes usos, como residencial, escritórios, lazer e comercial. “Através da Reify., a empresa continuará ainda a reforçar a prestação de serviços imobiliários para espaços urbanos do futuro, no contexto das novas vivências projetadas para as cidades e da Green Agenda da União Europeia”, referem ainda na publicação.

Sonae Sierra diversifica negócios no imobiliário
Boutique resort sustentável Umay, em Melides / Reify.
Com ã digitalização e a sustentabilidade a fazer cada vez mais parte do mundo imobiliário, a Sonae Sierra vai ainda criar “experiências diferenciadoras e multicanal” nos seus centros comerciais, acrescentando, desta forma, valor para os consumidores, lojistas e parceiros. E este é o terceiro eixo principal da sua estratégia.

A necessidade de iniciar um novo capítulo na história da Sonae Sierra surgiu depois da “conclusão da maior transação dos nossos 30 anos de história, com a criação da Sierra Prime em 2020, [que] representou um ponto de viragem estratégico para nós”, explicou Fernando Guedes de Oliveira, CEO da Sonae Sierra, citado no documento.

Com esta nova estratégia, “vamos alavancar o nosso know-how no sector imobiliário para servir novos mercados e novos clientes, tanto através da gestão de veículos de investimento, quanto da expansão da nossa atividade para setores do imobiliário além do retalho”, referiu ainda o CEO da Sonae Sierra.

Sonae sierra inicia novo ciclo de negócios
Centro comercial Colombo, Lisboa / Wikimedia commons

Equipa é também renovada

Para fazer face à evolução da estratégia, a estrutura da organização também mudou de forma a reforçar os talentos de gestão de veículos de investimento e transformação de negócio.

Liderada pelo CEO, Fernando Guedes de Oliveira, a Comissão Executiva passa a ser composta por nomes como Luís Mota Duarte, CFO e responsável pela  gestão de veículos de investimentos imobiliários; Alexandre Fernandes, que passa a dirigir a área desenvolvimento de ativos imobiliários; Cristina Santos, que assume a liderança da área da gestão de espaços comerciais; Jorge Morgadinho, que continua à frente da recém-criada Reify., Ana Guedes de Oliveira, que lidera a área de 'Asset Management'; Inês Drummond Borges, que lidera o processo de transformação cultural, comercial e digital; e Joaquim Pereira Mendes, que se mantém como responsável pela área Legal, Fiscal e Compliance.

“A criação de uma equipa dedicada à gestão de investimentos confirma o nosso foco nesta avenida de crescimento, central à nova estratégia, tirando o máximo partido da experiência internacional que temos nesta matéria”, comenta Fernando Guedes Oliveira. “Estamos seguros de que a diversidade de perfis e experiências desta equipa permite acelerar este processo de mudança e responder aos desafios das cidades do futuro”, conclui.

Centro comercial Colombo, Lisboa / Creative commons
Centro comercial Colombo, Lisboa / Creative commons