Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Venderam-se 75.000 imóveis em Portugal até setembro (23% a estrangeiros)

Gtres
Gtres
Autor: Redação

Nos primeiros nove meses do ano foram vendidos em Portugal 75.000 imóveis (urbanos, rústicos e mistos), sendo que só no terceiro trimestre registaram-se 27.000 transações, mais 8% que no período homólogo. Segundo dados do Gabinete de Estudos da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP), 17.300 dos 75.000 imoveis transacionados (23%) foram vendidos a cidadãos estrangeiros.

Os municípios mais procurados no terceiro trimestre foram Lisboa, Loulé e Cascais enquanto os investidores estrangeiros mais interessados no imobiliário nacional foram os britânicos (responsáveis por 3.866 transações), os chineses (3.178) e os franceses (2.712). A APEMIP enaltece o facto de os negócios realizados por cidadãos chineses estarem a aumentar consecutivamente este ano.

“Estes dados confirmam a retoma do setor imobiliário. [Verifica-se] um aumento consecutivo do número das transações imobiliárias. Os investidores estrangeiros continuam a procurar o nosso país e o mercado interno está também mais dinâmico”, considera Luís Lima, presidente da APEMIP. 

Segundo o responsável, o setor imobiliário “tem feito um trabalho exemplar para divulgar o potencial do país no estrangeiro”. “O Salão Imobiliário de Portugal (SIL 2014) – começa hoje – será mais um momento para demonstrar o que de melhor se faz no nosso país através da promoção de momentos como a Rodada de Negócios ou a criação de um ‘meeting point’ onde empresários e investidores poderão reunir para trocar contactos e informações”, explica.