Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Parceria Acciona/CleverRed aposta forte em Lisboa – primeiro projeto começa a ser construído este ano

Chama-se Priority, encontra-se em Alcântara e é o primeiro de quatro projetos a "sair do papel". Obras arrancam ainda este ano.

JLL
JLL
Autor: Redação

São vários os projetos residenciais que a parceria Acciona/CleverRed tem em vista para Portugal, com Lisboa no centro das atenções. Em causa estão empreendimentos em Alcântara, na Graça, um dos bairros mais típicos da capital, e nos Olivais, na Avenida Alfredo Bensaúde. Ao todo está prevista a construção de cerca de 1.000 apartamentos direcionados para portugueses. 

O primeiro projeto a ser lançado encontra-se em Alcântara, com a reabilitação de um dos edifícios mais emblemáticos da rua Prior do Crato, que terá 18 apartamentos, revela em comunicado a JLL, que foi selecionada para comercializar esta carteira residencial. Segundo a consultora, este projeto em concreto, denominado Priority, começa a ser construído ainda este ano. 

Direcionados para o público português, os projetos residenciais promovidos pela parceria Acciona/CleverRed pretendem dar resposta à necessidade residencial de Lisboa, apostando quer na reabilitação de edifícios históricos marcantes quer na construção de raiz”, lê-se no documento.  

De acordo com a consultora, a carteira de imóveis abrange cerca de 1.000 novos apartamentos e inclui, para já, projetos em diversas zonas de Lisboa, estando em estudo oportunidades de investimento, dentro e fora da cidade, que possam ir ao encontro das necessidades do público-alvo.

“Estes projetos têm a preocupação de trazer uma oferta diferenciada ao mercado nacional, com apartamentos que associam design, soluções modernas de conforto e habitabilidade a preços acessíveis em localizações centrais”, adianta a JLL.

Para Patrícia Barão, Head of Residential da consultora, “estes investimentos são um importante reforço da oferta residencial em Lisboa, não só pelo número de apartamentos que vão disponibilizar na cidade, mas sobretudo porque vêm dar uma resposta adequada às famílias portuguesas em localizações que são centrais e que servem este público com toda a qualidade”.

“O primeiro projeto a ser lançado vai nascer num dos edifícios mais icónicos de Alcântara e vai marcar de forma única o arranque desta parceria no terreno”, conclui a responsável.