Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Açores aposta no arrendamento com opção de compra para apoiar famílias

Medida faz parte do plano do Governo regional no âmbito das políticas de habitação para 2022.

Açores aposta no arrendamento com opção de compra
Photo by Damir Babacic on Unsplash
Autor: Lusa

O Governo Regional dos Açores quer dar prioridade, em 2022, ao arrendamento com opção de compra, no âmbito das políticas de habitação, prevendo abranger mais famílias, revelou recentemente o vice-presidente do executivo, que tutela a área.

“Temos de aumentar primeiro o parque habitacional da Região Autónoma dos Açores e temos várias [casas] para recuperar, desde Santa Maria, São Miguel, Terceira, e depois dar prioridade ao arrendamento com opção de compra, de modo a que as pessoas possam ter a sua habitação própria”, afirmou o titular da pasta da Habitação nos Açores, Artur Lima.

O governante falava numa audição na Comissão de Política Geral da Assembleia Legislativa dos Açores sobre o Plano e Orçamento da Região para 2022, que será discutido e votado este mês.

Casas nos Açores
Photo by Kevin Kandlbinder on Unsplash

Habitação social também faz parte da estratégia do Governo dos Açores para dar mais casas às famílias

Segundo Artur Lima, em 2022, o executivo pretende “aumentar o número de famílias” no regime de arrendamento de opção de compra, abrangendo um total de 496.

“A oferta de arrendamento com opção de compra é talvez o nosso objetivo principal. Os outros [programas] estão em marcha, estamos apenas a aperfeiçoar e a melhorar o que tem de ser melhorado e a continuar os bons programas que vinham de trás”, reforçou.

O vice-presidente do executivo açoriano garantiu a continuidade da habitação social, que considerou “fulcral” para as comunidades, e do programa de combate às térmitas.

Também será dada continuidade ao programa ‘Casa Renovada, Casa Habitada’, que deverá abranger “787 famílias”, e ao “programa de apoio à recuperação e adaptação de habitações para 400 famílias”.