Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Prejuízos

Últimas notícias sobre "Prejuízos" publicadas em idealista.pt/news

Problemas do Novo Banco residem em 44 créditos

São 44 os créditos mais problemáticos do Novo Banco. António Ramalho, líder da instituição, recusou dar os nomes dos donos dos créditos, mas revelou terem como característica “o facto de ou serem créditos imobiliários sem garantias, ou serem créditos por exemplo à compra de empresas com garantia de ações”.

Notícia sobre:

Soares da Costa: despedimento coletivo de 500 trabalhadores avança nos próximos dias

O já anunciado despedimento coletivo de 500 trabalhadores na Soares da Costa vai avançar nos próximos dias, segundo o presidente do Sindicato da Construção de Portugal (SCP), Albano Ribeiro. A comunicação formal por carta aos trabalhadores acontecer a qualquer momento.

Notícia sobre:

Prejuízos das empresas públicas aumentam 5% num ano para 378 milhões

No primeiro trimestre, os prejuízos das empresas públicas agravaram-se 5%, tendo as mesmas perdido 378 milhões de euros. A TAP e o Metropolitano de Lisboa são os principais responsáveis pelo aumento dos prejuízos: só o ML teve perdas de 27,1 milhões, mais 46% que nos primeiros três meses de 2014.

Notícia sobre:

PT perde 2,5 mil milhões com transferência para Oi e Rioforte

A combinação de negócios entre a PT e a Oi e pela futura venda dos negócios em Portugal à Altice provocaram perdas de 2,5 mil milhões de euros para a PT no ano passado. Sem estes efeitos contabilísticos não recorrentes, a dona da MEO teria registado prejuízos de 100 milhões, segundo o comunicado enviado ao regulador do mercado CMVM esta sexta-feira, 27 de março.

Notícia sobre:

Novo Banco com prejuízo de 468 milhões entre agosto e dezembro

O Novo Banco registou um resultado líquido negativo de 467,9 milhões de euros desde que foi criado, em agosto de 2014, na sequência da resolução do Banco Espírito Santo (BES), até ao final do ano passado. Participações na Portugal Telecom/Oi agravaram prejuízos do banco.

Notícia sobre:

Prejuízos históricos de 3,5 mil milhões e gestão danosa de Salgado forçam BES a aumentar capital

É inevitável. O Banco Espírito Santo (BES) vai ter de realizar um aumento de capital entre 1.500 e 3.000 milhões de euros para acomodar o impato do colapso do Grupo Espírito Santo (GES) e de outras alegadas irregularidades cometidas sob a gestão danosa de Ricardo Salgado.

Notícia sobre:

Lucro da Mota-Engil sobe 33% para 7,3 milhões de euros

A Mota-Engil registou um resultado líquido de 7,3 milhões de euros no primeiro trimestre do ano, o que representa um aumento de 33% face ao mesmo período do ano passado.

Notícia sobre:

Promoções não vão acabar, garante ministra

Notícia sobre:

Rumores

Notícia sobre: