Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Tabaco

Últimas notícias sobre "Tabaco" publicadas em idealista.pt/news

Em que países é mais caro (e barato) comprar cigarros?

Austrália, Nova Zelândia e Irlanda são os três países mais caros para comprar um maço de cigarros da marca Marlboro. Portugal encontra-se no 27º lugar do ranking, segundo uma lista elaborada pela Numbeo.

Notícia sobre:

Prepara a carteira: guia dos preços que mudam em 2019

Ano novo, vida nova... novos preços. Das telecomunicações à eletricidade, passando pelas rendas, portagens, refrigerantes ou tabaco há novidades. O novo ano traz subidas (e algumas descidas) que vão mexer com a carteira dos portugueses. Preparado? Neste guia mostramos-te tudo aquilo que precisas de saber, com algumas boas e más surpresas que se avizinham pelo caminho. 

Notícia sobre:

O que muda nos preços em 2017

Ano novo, vida nova. Vida nova e preços diferentes... Em 2017, os portugueses devem contar com aumentos nas rendas, nos preços da eletricidade, portagens, tabaco e automóveis. Já o leite e o pão, por exemplo, devem manter-se nos níveis atuais. Fica a saber tudo sobre a mudança nos preços prevista para o próximo ano.

Notícia sobre:

Taxa de venda de cigarros aumenta 10 vezes para 2.500 euros por ano

Os fabricantes e importadores de cigarros vão passar a pagar à Direção-geral de Saúde uma taxa anual de 2.500 euros, contra os atuais 250 euros. O Governo justifica o aumento, que tem efeitos retroativos a 30 de setembro, com a "complexidade" do produto, segundo um diploma esta segunda-feira.

Notícia sobre:

Tabaco mais caro a partir desta sexta-feira

O imposto do tabaco vai subir a partir desta sexta-feira, dia 1 de julho, tornando-se mais caro. Este aumento estava previsto no Orçamento do Estado para 2016 (OE2016) e deverá corresponder a uma subida média de sete cêntimos por maço de cigarros. Também o tabaco de enrolar vai pesar mais na carteira.

Notícia sobre:

Fica a saber o que vai ser mais caro (e mais barato) comprar em 2015

2015 está à porta, por isso importa saber que produtos e serviços vão aumentar ou diminuir de preço a partir de janeiro. Ao contrário do que sucedeu em anos anteriores, não estão previstos muitos aumentos, sendo que, em alguns casos, os preços até podem baixar.

Notícia sobre:

Rumores do dia

Passos Coelho admite “desonerar salários e pensões” em 2016: O primeiro-ministro admitiu “desonerar salários e pensões em 2016” e deixou claro que no Orçamento do Estado para 2015 não haverá ainda alívio da carga fiscal ou salários e pensões a níveis de 2010. Em entrevista à SIC, Passos Coelho não avançou qual será a medida que irá substituir no próximo ano a CES, mas garantiu que “terá de continuar a existir redução da pensão”, ainda que o corte “nunca será tão grande como é hoje”. (Diário Económico)

Notícia sobre:

Rumores

Notícia sobre: