Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

função pública com menos cortes mas irs sobe para todos

passos coelho assegurou que não estão a ser estudadas alterações no iva
Autor: Redação

o primeiro-ministro pedro passos coelho anunciou esta segunda-feira (dia 24), no final de uma reunião entre os parceiros sociais e o governo, que os subsídios cortados este ano aos funcionários públicos e pensionistas vão ser repostos parcialmente em 2013. uma reposição que será compensada com o agravamento do irs aos trabalhadores e com a tributação sobre os rendimentos de capital e património

citado pelo jornal de negócios, o chefe de governo adiantou que o irs “será o imposto privilegiado” para obter receita que compense, em 2013, a devolução “parcial” dos subsídios de férias e de natal. “o governo está a preparar uma proposta que vise devolver parcialmente os subsídios de natal e de férias ao sector público e pensionistas compensando essa devolução parcial com a distribuição por todos os portugueses [do sector privado também] das medidas que deverão compensar esta perda de poupança”, explicou

passos coelho adiantou que “sendo inequívoco que o irs será o imposto privilegiado” para compensar a perda de receita com a devolução parcial dos subsídios, tal não significa “que não haja outras formas de compensar que assentem na tributação sobre o património e sobre o capital”. “essas medidas estão a ser estudadas com mais detalhe”, revelou, assegurando que não estão a ser estudadas alterações no iva.

de acordo com o jornal de negócios, está na calha o agravamento dos impostos sobre o tabaco e sobre as empresas de sectores protegidos, nomeadamente a energia. propostas avançadas pelos patrões na reunião de concertação social e que surgem depois do executivo ter abandonado a proposta de agravar as contribuições dos trabalhadores para a segurança social, de 11% para 18%, cortando a taxa social única (tsu) paga pelas empresas de 23,75% para 18%

a solução final deverá ser anunciada amanhã depois do conselho de ministros extraordinário 

 

notícias relacionadas

patrões querem imposto mais pesado sobre tabaco para compensar redução na tsu

psd pede reunião a cds para evitar crise política

passos e parceiros sociais discutem segunda-feira alternativas à redução da tsu