Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

facturação da remax aumenta 46% e empresa recruta 500 trabalhadores

mediadora procura pessoas com atitude empreendedora, persistência e determinação
Autor: Redação

numa altura em que a crise e o desemprego parecem ter vindo para ficar, a remax está a recrutar 500 trabalhadores para a sua rede portuguesa. a mediadora, que num ano – entre junho de 2012 e junho deste ano – viu a facturação aumentar 46%, procura acima de tudo pessoas com atitude empreendedora, persistência e determinação

em declarações ao programa capital humano, do económico tv (etv), beatriz rubio, ceo da remax portugal, frisou que a mediadora privilegia “a competência e não a formação”. “temos agentes na rede com os mais diferentes tipos de formação: advogados, arquitectos, engenheiros e até pessoas sem qualquer formação universitária. fundamental é ter atitude, persistência, determinação e vontade de triunfar. porque é nos períodos em que o mercado está mais complicado que as pessoas persistentes e com capacidade de luta ganham”, explicou

segundo beatriz rubio, os “brasileiros, cidadãos de países africanos e chineses” são quem está a comprar mais casas em portugal, em parte devido à atribuição dos novos vistos gold (vistos dourados), que estão a ser entregues desde o início do ano a quem investir pelo menos 500.000 euros no sector imobiliário

no que diz respeito ao sucesso conseguido em facturação, a responsável salientou, entre outros pormenores, o facto da remax ter “apostado em mercados alternativos, que surgiram na sequência da crise, como o arrendamento”. “um sector que estava muito esquecido e parado em portugal e que terá de crescer ainda muito mais para adaptar os seus preços ao mercado. é indispensável que haja mais oferta no arrendamento”, frisou