Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Governo quer saber qual é o tempo médio que uma família permanece numa casa

Ana Pinho, secretária de Estado da Habitação / César Passinhas
Ana Pinho, secretária de Estado da Habitação / César Passinhas

O Governo quer saber qual é o tempo médio de permanência de uma família numa habitação nos vários regimes existentes. O anúncio foi feito pela secretária de Estado da Habitação Ana Pinho, que adiantou que o Executivo está a recolher mais informações sobre a matéria.

“Há dados que gostaríamos de ter para termos um retrato mais fiel do que é que se passa e de como é o nosso mercado de habitação”, explicou Ana Pinho à margem de uma conferência sobre o setor imobiliário realizada pelo Jornal de Negócios e pela Century 21 na semana passada em Lisboa. 

Um dado que não temos e que já existe noutros países, e que gostaríamos de ver como é que poderíamos materializá-lo cá, é saber qual é o tempo de permanência de uma família numa habitação nos vários regimes, ou seja, saber quanto tempo é que uma pessoa que está numa casa própria permanece em média nessa casa. É saber o tempo de permanência até morrer, por exemplo”, acrescentou.

Segundo a governante, o conhecimento deste tipo de informações é muito importante para a tomada de decisões, já que permite perceber o que se está a passar no setor a nível nacional e, desta forma, “poder prever e antecipar o que podem ser problemas no futuro”. “Esse é o nosso objetivo, não é só reagir, é ser também proativo”, contou, adiantando que o Executivo está a trabalhar no sentido de “recolher mais informação”. “Estamos a trabalhar nessa matéria”, rematou.