Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

Prata Riverside Villlage: Urban chega ao mercado com 65 apartamentos a partir de 275.000 euros

Apartamentos são maioritariamente pensados ou para pessoas que vivem sozinhas, ou para casais e famílias de três ou quatro pessoas.

Prata Riverside Village, Lisboa / VIC Properties
Prata Riverside Village, Lisboa / VIC Properties
Autor: Redação

A promotora VIC Properties vai dar início à comercialização do edifício Urban, no empreendimento Prata Riverside Village -  um projeto assinado pelo Pritzker Renzo Piano, e que já é considerado, de resto, um dos maiores projetos residenciais em Lisboa. Com preços a partir de 275 mil euros, o Urban é composto por 18 apartamentos T0, 38 T1 e nove T2, todos com estacionamento com carregador elétrico próprio e arrecadação. A conclusão das obras está prevista para o verão de 2022.

“O Urban tem uma arquitetura distinta dos restantes edifícios do Prata e os seus apartamentos são maioritariamente pensados ou para pessoas que vivem sozinhas - como expatriados a viver em Lisboa por um período limitado de tempo e estudantes - ou para casais e famílias de três ou quatro pessoas”, explica Marcos Drummond, Head of Sales da VIC Properties, citado em comunicado.

Localizado na primeira linha de rio, a escassos metros da margem do Tejo, e ligado diretamente ao Parque das Nações, o Prata Riverside Village continua a desenvolver-se a todo o gás, tal como o idealista/news noticiou. Marcos Drummond acrescenta ainda que a pandemia não teve impacto no calendário das obras, nem no interesse das pessoas que querem viver no empreendimento. “Continuamos a registar uma forte procura, com a comercialização dos restantes edifícios a decorrer a um excelente ritmo, o que é francamente animador”, sublinha o Head of Sales da VIC Properties.

Obras seguem a todo o vapor

Ainda este ano será concluído o segundo edifício do projeto, composto por 40 apartamentos, dos quais 85% já se encontram vendidos. Este edifício vai juntar-se à primeira obra terminada, cujos 28 apartamentos se encontram já totalmente comercializados e habitados.

“A comercialização do Lote 1 do Prata, iniciada pouco antes da pandemia, é sinónimo do interesse dos investidores no empreendimento. Dos 107 apartamentos deste edifício, mais de 40% já se encontram vendidos”, realça ainda o documento enviado às redações.

As restantes obras do empreendimento então também em desenvolvimento, com especial destaque para o edifício que será o "coração" de todo o projeto, um espaço totalmente dedicado à atividade comercial, concentrando uma vasta oferta na área alimentar, assim como um edifício dedicado a uma componente de fitness, incluindo piscina e/ou SPA, para o condomínio e comunidade visitante.