Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

BPI

Últimas notícias sobre "BPI" publicadas em idealista.pt/news

BPI alimenta guerra dos spreads no crédito à habitação e volta a baixar margem mínima

Está ao rubro a guerra dos spreads no crédito à habitação, com os bancos a descerem consecutivamente as suas margens mínimas. Depois da CGD ter baixado o spread mínimo para 1,23%, o BPI, que já tinha revisto o seu valor em fevereiro, voltou a baixar a fasquia, para 1,20%. 

Notícia sobre:

Grupo Critical reabilita edifício dos anos 30 para instalar nova sede em Coimbra

O Grupo Critical comprou os antigos armazéns da Coimbra Editora, onde pretende instalar a sua nova sede e centro tecnológico com 500 colaboradores, no próximo ano. Agora, a empresa portuguesa de software vai reabilitar o imóvel inserido na zona classificada pela UNESCO, sendo o projeto financiado pelo BPI.

Notícia sobre:

BPI vai compensar 3.000 clientes por Euribor negativas nos empréstimos da casa

No total, vão ser cerca de 3.000 clientes com crédito à habitação do BPI que irão beneficiar de uma redução no capital em dívida do empréstimo da casa, devido à nova lei que obriga os obriga os bancos a aplicarem juros negativos. Por outro lado, o banco agora controlado pela espanhola Caixabank aplaude as recomendações do Banco de Portugal (BdP) para apertar a concessão de crédito.

Notícia sobre:

Bancos BCP e BPI vendem edifícios emblemáticos na Baixa de Lisboa

Os bancos BCP e BPI alienaram, na mesma semana, dois grandes ativos imobiliários que tinham em carteira, na Baixa de Lisboa. O BPI vendeu um quarteirão inteiro por 66 milhões de euros, a um fundo internacional, e o BCP vendeu ao grupo hoteleiro Sana o edifício por entre 40 e 50 milhões.

Notícia sobre:
BPI/Quinta da Pacheca

BPI financia expansão da Quinta da Pacheca com 1,8 milhões de euros

O banco BPI vai conceder um crédito de 1,8 milhões de euros para “alargar e melhorar a oferta” do The Wine House Hotel Quinta da Pacheca, no Douro. Em causa está um investimento total de 4,9 milhões de euros, sendo que o alojamento passará a ter mais 34 quartos.
Notícia sobre:

Espanhol CaixaBank reforça posição no BPI e passa a deter mais de 94% do capital social

O banco espanhol CaixaBank reforçou a posição no BPI com a compra de 357.244 ações ordinárias, passando a deter 94,053% do capital social da instituição financeira.

Notícia sobre:

Complexo “Mundo do Vinho” vai nascer em Vila Nova de Gaia após investimento de 100 milhões

Vai nascer em Vila Nova de Gaia, nos antigos armazéns da Taylor’s, um complexo turístico, cultural e comercial, isto após um investimento total de 100 milhões de euros, 58 dos quais a cargo do BPI. O espaço – são 30.000 metros quadrados (m2) – deve abrir em junho de 2020. 

Notícia sobre:

CaixaBank passa a ter mais de 92% do BPI e vai tirar banco da bolsa

O CaixaBank comprou ao grupo Allianz ações representativas de 8,425% do BPI, passando a deter 92,935% do capital do banco, informou o banco espanhol ao mercado, adiantando que vai retirar o banco português da bolsa.

Notícia sobre:

BPI financia projeto de reabilitação no Porto no âmbito do IFRRU 2020

O BPI vai financiar o seu primeiro projeto de reabilitação urbana no Porto no âmbito do programa Instrumento Financeiro para a Reabilitação e Revitalização Urbanas 2020 (IFRRU 2020). A operação, no montante de 1,5 milhões de euros e com um prazo de 20 anos, visa financiar um projeto de investimento de dois milhões de euros para a reabilitação integral de um edifício localizado na Baixa da Invicta, próximo da estação de São Bento.

Notícia sobre:

BPI, Novo Banco e Santander estão a emprestar mais para a casa que no ano passado

Comprar casa com acesso a financiamento bancário parece estar, de facto, cada vez mais fácil, já que os bancos estão a mostrar-se mais disponíveis para emprestar dinheiro. É o caso do BPI, do Novo Banco e do Santander Totta, que viram o “stock” de financiamento para a compra de casa aumentar face aos primeiros nove meses do ano passado. A ”guerra dos spreads” também está ao rubro, com o BPI a descer o valor mínimo para 1,5%.

Notícia sobre: