Notícias sobre o mercado imobiliário e economia

CTT

Últimas notícias sobre "CTT" publicadas em idealista.pt/news

Fisco suspende multas aos contribuintes que não aderiram à Via CTT

O tema Via CTT está na ordem do dia. A polémica instalou-se depois de ser noticiado que os trabalhadores independentes e as empresas estavam a ser notificados para pagar coimas – entretanto suspensas pelo Ministério das Finanças - por não estarem inscritos na Via CTT. Mas, afinal, o que é que está em causa?

Notícia sobre:

“Renda+”: o novo portal dos CTT para senhorios gerirem imóveis

Os CTT estão a preparar-se para entrar no mercado de arrendamento. Ao que tudo indica o operador de correios vai lançar um portal na internet para que os senhorios possam fazer a gestão dos seus imóveis. A plataforma poderá servir, por exemplo, para os senhorios cobrarem as rendas aos inquilinos

Notícia sobre:

Sonae e CTT vão investir até 15 milhões em plataforma de comércio eletrónico

A Sonae e os CTT criaram uma joint venture, na área do comércio eletrónico, para a exploração de uma nova plataforma em modelo marketplace. O investimento para a implementação do projeto será de 10 a 15 milhões de euros repartidos em partes iguais pelas duas empresas.

Notícia sobre:

Enviar cartas e encomendas fica mais caro na próxima semana. CTT sobem preços

Os preços para o envio de cartas e encomendas vão aumentar já na próxima semana. Os CTT – Correios de Portugal decidiram fixar novos valores a partir do dia 2 de abril (segunda-feira). Quer isto dizer que os serviços de correspondências, correio editorial e encomendas vão sofrer uma atualização de 4,5%.

Notícia sobre:

Banco CTT quer atingir 3% de quota no crédito à habitação este ano

O presidente executivo do Banco CTT, Luís Pereira Coutinho, faz um balanço “muito positivo” dos dois anos da instituição financeira e espera atingir uma quota de 3% no crédito à habitação no final do ano. “Estamos numa fase de captação de uma base de clientes com potencial”, disse o responsável, salientando que a entidade tem uma base de clientes muito jovem – metade dos clientes tem menos de 40 anos.

Notícia sobre:
Conteúdo patrocinado

“Crédito Habitação Sem Ais Nem Uis”? Sim, no Banco CTT

“Crédito Habitação Sem Ais Nem Uis”. A mensagem usada pelo Banco CTT nesta campanha publicitária, lançada em setembro de 2017 e reforçada agora, reflete o posicionamento do banco enquanto parceiro dos clientes e dá continuidade à estratégia de simplicidade, transparência e competitividade de toda a sua oferta.

Notícia sobre:

Edifício “Palácio dos Correios” não será hotel e pertence à Câmara do Porto

A Câmara Municipal do Porto (CMP) revelou, em comunicado, que adquiriu no final do ano passado o edifício designado como Palácio dos Correios, na Praça General Humberto Delgado e onde “está instalado o Gabinete do Munícipe”. A autarquia explicou que o imóvel em causa não pertence, conforme tem sido noticiado, “a um promotor privado que nele quer construir um hotel” e adiantou que o mesmo “não possui classificação de solo do Plano Diretor Municipal (PDM)” para tal.

Notícia sobre:

Vai ser mais barato enviar cartas e encomendas

A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) confirmou esta terça-feira (dia 7 de novembro) que os CTT não cumpriram o valor mínimo fixado para o indicador do correio normal não entregue até 15 dias úteis e determinou a aplicação de um mecanismo de compensação. Os CTT têm agora 15 dias úteis para fixar os novos preços, que entram em vigor a 1 de janeiro de 2018.

Notícia sobre:
Conteúdo patrocinado

Banco CTT em nova campanha: crédito à habitação “sem ais nem uis”

O Banco CTT tem em curso a sua segunda campanha publicitária relacionada com crédito à habitação. “Crédito Habitação Sem Ais Nem Uis” é o mote escolhido, um conceito que reflete o posicionamento da instituição enquanto parceira dos seus clientes e dá continuidade à estratégia de simplicidade, transparência e competitividade de toda a sua oferta.

Notícia sobre:

Banco CTT lança crédito à habitação este mês

O Banco CTT vai disponibilizar crédito à habitação a partir deste mês, um segmento de mercado em que o banco já tinha demonstrado interesse em entrar até final do ano passado.

Notícia sobre: